12/09/2014

SAUDADE


SAUDADE


Saudade, do que não tive...
do que passou...
e não vivi...

Saudade, do que nada restou...
do que não sofri...
do que não amou...

Saudade, de olhos que sorriem
e não dizem nada...

Saudade, de lábios que mentem
e se calam na madrugada...

Saudade, do homem que amo...
por quem não lutei...
mas que de coração...
sempre amarei...
Postar um comentário