12/09/2014

LEMBRANÇAS

LEMBRANÇAS



Aqui estou mais uma vez parada...
Lembrando o muito que fui...
Hoje não sendo nada...

Perdida me sinto num vazio sem fundo...
Me olho no espelho...
Só vejo meu mundo...

Onde encontrar?
A quem eu busco...
Onde estará?

Na companhia de ninguém...
Pois não significa nada...
Perdido como sempre...
em buscar a madrugada...

Tudo sugere um sonho...
Onde busco vida...
Entretanto tudo não passa...
De um pesadelo medonho...
Postar um comentário