12/09/2014

BANDIDO

BANDIDO



Um dia te encontrei num olhar perdido...
Bem que te achei com cara de bandido...

Um dia te busquei como ilusão perdida...
Até que te encontrei numa madrugada sofrida...

Você! Quem é? Não sei...
Sei que sinto, que você, eu amo...
Amo tudo o que passei...
Nem sei...

Olho agora para você
e sinto saudade...
Saudade por não ter
te encontrado de verdade...

Aliás, tudo não passou de um sonho
que um dia se tornou Realidade
Postar um comentário