24/07/2010

Apologética em Danilópolis

http://blog.teophilo.info/2010/07/pasmado.html

PASMADO!

moveisebalanca 
O que passo a relatar nessa postagem é coisa grave e triste, mas antes creio que devo ratificar algumas informações a meu respeito:
   Em toda a minha vida, já fui internado duas vezes: uma para realizar a gastroplastia e outra para a abdominoplastia reparadora… apesar das fortes pressões psicológicas que sofri como controlador de tráfego aéreo, nunca surtei e muito menos fui expulso do serviço público por insanidade… estou reformado e processando a força aérea por questão de aplicação errônea da lei militar.
   Outrossim, acho necessário revelar que me encontrei pessoalmente com o Danilo Silvestre apenas duas vezes: na primeira tive a oportunidade de consertar um de seus computadores e comer deliciosos biscoitos de chocolate e pêra. Na segunda, quando ele ia se mudar para São Paulo, ganhei um computador de mesa e alguns móveis que ele disse que iria jogar fora, assim como fui solicitado a vender uma balança de precisão e dois leitores de códigos de barra para ele… proposta a qual resisti e, até hoje, infelizmente não consegui realizar, mantendo todo este equipamento guardado comigo na fiel intenção de completar o compromisso ao qual me atei.
   Isto posto, declaro que tenho uma dívida para com ele e guardei-o no coração como a um irmão que me auxiliou no ápice das dificuldades que passei em 2009, porém também posso afirmar que, de minha vida, ele sabe tanto quanto qualquer outra pessoa que saiba meu verdadeiro nome pode saber através da internet: que tenho alguns parentes donos de boite; alguns artistas e outros homossexuais; que sou feio e grande… e que não tenho o menor interesse em me expor ou ganhar fama com o que faço como Teóphilo. Tem sido assim por cinco anos…
   O fato é que após a publicação daanálise realizada com base nos escritos de Hermes Fernandes, algo de estranho começou a ocorrer. Coisas tão sinistras que uma leitora chegou a comentar emuma postagem do Genizah (que foi alterada e só é acessível através dacópia de segurança online) e, por acaso, enviou uma cópia para mim:
   Gostei muito do texto, mas vim aqui falar de outra coisa.
   Aprendi com esse blog a fazer como os bereanos: analisar biblicamente o que certo pregador diz ou faz.
   Já havia algum tempo que não me identificava com algumas coisas que o Sr. Hermes havia publicado aqui, mas como sou mente aberta, pensava que eu poderia estar errada.
   Bem, um certo Teóphilo fez como os bereanos, analisou algumas postagens do Sr. Hermes, e, como sou mente aberta, resolvi ler assim como fiz com as postagens deste blog: concordei com algumas coisas e discordei de outras, mas no geral achei interessantíssimo.
   Até aí, tudo bem, mas achei ridículo o blog do tal teóphilo ter saído da seção de blogs recomendados por este… o que me fez pensar que o Sr. Hermes não quer que leiamos o que lá está escrito, assim como Feliciano, Malafaia, etc não querem que os seus membros leiam este tipo de blog (como o do Genizah).
   Se esta mensagem não for postada aqui, pararei de ler completamente este blog, que por muito tempo formou a minha opinião.
   E se isso não fizer diferença para vocês, essa atitude fará de vocês semelhantes a Feliciano, Malafia e cia.
   Em Cristo, e muito preocupada.
   Diante de todas as informações anteriores, não sei definir como me senti ao ler as seguintes declarações aparentemente feitas pelo próprio Danilo:
   1) Não tenho a obrigação de recomendar blog algum.
   2) Aponto erros com base na bíblia e não me escondo atrás de pseudônimos. Dou a cara! Sou homem para assumir o que escrevo!
   3) O referido cidadão é uma pessoa que conheço pessoalmente e digna de pena. Um homem que sofre de sério desequilibrio psicológico. Caso queira, em particular lhe ofereço provas que se trata de um cidadão que já foi internado diversas vezes por surtos e foi expulso de emprego publico por insanidade.
   Quanto ao seu joguinho de me desafiar a isto ou aquilo… Faça-me o favor e imite a Cristo e não a Pilatos!
   Te digo mais. Seria eu não cristão se resolvesse expor e contestar um pobre coitado que acha que diferenças na interpretação escatológica são sinais de heresias.
   Algumas são! Mas há várias correntes aceitas!
   Da mesma forma não vou eu aqui botar dedo na cara de calvistas ou arminianos… Sinceramente, eu sei no que acredito, mas respeito outra visão que tem suporte bíblico e é do entendimento de muitos sinceros.
   Faça-me o favor!
   Então direi que todo arminiano é igual ao Feliciano ou Malafaia? Ou todo calvinista é fundamentalista?
   … Não entendes o que lês?
   Acho que essa mensagem passou da comentarista na intenção de me alcançar e, claro, conseguiu!
   Ora, me assusto como numa mesma mensagem possa falar em ser homem e convidar alguém a saber, em particular, de coisas que nunca ocorreram realmente… por que isso?
   Em momento nenhum desafiei meu irmão a nada que um cristão não deva fazer e nem menti sobre suas destacadas aptidões… nem mesmo nacarta que lhe enviei antes de publicar aanálise!
   Se exortei é porque amo e me preocupo, mas comecei a crer que, para ele, há valores maiores que a Verdade envolvidos nessa história.
   É uma pena que tais palavras possam ter saído de sua cabeça, mas tenho certeza de que a análise que escrevinunca esteve restrita ao foco escatológico e, diante de suas atitudes, temo pelas influências que esteja sofrendo.
   Pensei bem e creio que posso ter errado apenas ao apelidar Hermes de Hermeneu, mas aprendi a agir dessa forma justamente contigo! A própriaimagem do painel foi uma idéia que tive baseada nas coisas que vi no Genizah… pensei que o humor tivesse mão dupla, mas vejo que não é bem assim que as coisas funcionam.
   Mantenho as coisas que me contou em particular guardadas, assim como mantive suas palavras em verde, pois não consigo crer que tudo isso tenha partido de você, mas, se partiu, é uma forma honrosa de me despedir.
   Com toda a sinceridade de meu coração, te amo… mas amo mais ainda ao Senhor meu Deus e Sua Palavra.
   Aos irmãos que puderem auxiliar, tenho comigo uma balança Toledo e dois leitores manuais de código de barra que preciso vender pelo valor de R$460,00 (quatrocentos e sessenta reais)… espero que enviando tal valor ao proprietário que me incumbiu de vendê-los possa minorar os maus sentimentos que tomaram sua mente a meu respeito.
   “E, finalmente, sede todos de um mesmo sentimento, compassivos, amando os irmãos, entranhavelmente misericordiosos e afáveis. Não tornando mal por mal, ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo; sabendo que para isto fostes chamados, para que por herança alcanceis a bênção. Porque Quem quer amar a vida, E ver os dias bons, Refreie a sua língua do mal, E os seus lábios não falem engano. Aparte-se do mal, e faça o bem; Busque a paz, e siga-a. Porque os olhos do Senhor estão sobre os justos, E os seus ouvidos atentos às suas orações; Mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o mal. E qual é aquele que vos fará mal, se fordes zelosos do bem? Mas também, se padecerdes por amor da justiça, sois bem-aventurados. E não temais com medo deles, nem vos turbeis; Antes, santificai ao SENHOR Deus em vossos corações; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós, Tendo uma boa consciência, para que, naquilo em que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem confundidos os que blasfemam do vosso bom porte em Cristo. Porque melhor é que padeçais fazendo bem (se a vontade de Deus assim o quer), do que fazendo mal.” (1 Pedro 3:8-17)
   Adição às 21:26: Imaginei, mas não quis acreditar, que os comentários transcritos acima seriam apagados na intenção de manipular a opinião do público, procedimento que já havia registrado e comentado na parte final da análise.
   Por precaução, fiz uma cópia de segurança e, agora a pouco, vi que meus temores se justificaram, o que me entristece ainda mais.
   Tenho o estranho hábito de preservar e manter disponíveis até mesmo as críticas que recebo… e isso pode até ser sinal de minha improvável loucura, mas nunca vão poder me acusar de covardia ou manipulação.

Os Amores de Hermeneu, publicado por mim: Gláucia Carneiro


http://blog.teophilo.info/p/carta-para-danilo.html

 
CARTA PARA DANILO

   Danilo,
   Desde que conversamos aquele dia onde eu estava sem caixa de som, tenho ficado preocupado e me sentido ainda pior do que antes de ter escrito aquela análise sobre os amores do Hermes por um personagem que demonstra um comportamento completamente oposto ao do Senhor Jesus Cristo. Gostaria, antes de prosseguir, de citar quatro passagens bíblicas:
   “E viu o SENHOR que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente. Então arrependeu-se o SENHOR de haver feito o homem sobre a terra e pesou-lhe em seu coração. E disse o SENHOR: Destruirei o homem que criei de sobre a face da terra, desde o homem até ao animal, até ao réptil, e até à ave dos céus; porque me arrependo de os haver feito. Noé, porém, achou graça aos olhos do SENHOR. / A terra, porém, estava corrompida diante da face de Deus; e encheu-se a terra de violência. E viu Deus a terra, e eis que estava corrompida; porque toda a carne havia corrompido o seu caminho sobre a terra. Então disse Deus a Noé: O fim de toda a carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra.” (Gênesis 6:5-8 / 11-13)
   “O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar. Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai. E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.” (Mateus 24:35-39)
   “Mas primeiro convém que ele padeça muito, e seja reprovado por esta geração. E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos. Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar. Naquele dia, quem estiver no telhado, tendo as suas alfaias em casa, não desça a tomá-las; e, da mesma sorte, o que estiver no campo não volte para trás. Lembrai-vos da mulher de Ló. Qualquer que procurar salvar a sua vida, perdê-la-á, e qualquer que a perder, salvá-la-á.”(Lucas 17:25-33)
   “Pela fé Noé, divinamente avisado das coisas que ainda não se viam, temeu e, para salvação da sua família, preparou a arca, pela qual condenou o mundo, e foi feito herdeiro da justiça que é segundo a fé.”(Hebreus 11:7)
   Então, como primeiro ponto de divergência, sou obrigado a crer que a escatologia afeta sim a salvação! Estar alienado e fazendo “coisas boas” não é suficiente: quaisquer coisas fora da estrita concordância com a Palavra de Deus são desvios para a direita ou para a esquerda, ou seja, correm o sério risco de em nada colaborarem para a santificação.
   Já escrevi sobre isso, mas nunca é demais reforçar com a Palavra:
   “Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.” (João 17:17)
   “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra.” (Efésios 5:25-26)
   “Porque toda a criatura de Deus é boa, e não há nada que rejeitar, sendo recebido com ações de graças. Porque pela palavra de Deus e pela oração é santificada.” (1 Timóteo 4:4-5)
   “Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” (Hebreus 12:14)
   Não sou nenhum beato tapado e muito menos radical, mas a partir do momento em que começamos a abandonar, deturpar ou até mesmo cometer “pequenos errinhos” em relação à Palavra de Deus estamos incorrendo por um perigoso caminho de deturpação da fé genuína:
   “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.”(Romanos 10:17)
   E, dadas todas estas últimas passagens, posso afirmar que a fé não vem por Sproul, por Piper, por Armínio e nem mesmo por Calvino ou Spurgeon! O que estes homens registraram pode até ser bom, mas continuo afirmando que o caminho da salvação carece apenas da Palavra como guia: tudo mais é acessório dispensável, inclusive eu próprio!
   Tenho certeza de que o sal misturado com o fermento já não será tão eficiente em sua função primordial e a admiração que o Hermes demonstrou por uma personalidade com características completamente opostas às recomendadas para qualquer cristão (ou seja, alguém que queira seguir Jesus Cristo) mostram que o sal dele já nem sabe mais onde se firmar.
   Não estou falando de selos, trombetas ou coisas que só acontecerão bem mais tarde. Falo do que acontece agora e do desserviço que esse homem está prestando: acabei de ler o novo texto que ele publicou (11 Razões) e digo sem medo que o efeito desse posicionamento é o de alienar as pessoas! Essa “boa vontade” de “já ganhou” ou “o reino já chegou” estimula as pessoas a não mais lembrar das palavras de Cristo:
   “Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai. Olhai, vigiai e orai; porque não sabeis quando chegará o tempo.” (Marcos 13:32-33)
   “E já está próximo o fim de todas as coisas; portanto sede sóbrios e vigiai em oração.” (1 Pedro 4:7)
   Ninguém sabe? Ora, o Hermes sabe e, aliás, diz que já passou! Veja o comentário onde ele diz que a apostasia já ocorreu desde o primeiro século da era cristã prova que ele ou é rejudaizante ou, tão ruim quanto, age como Himeneu e Fileto:
   “E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; Os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns.” (2 Timóteo 2:17-18)
   Himeneu é personagem cujas citações são poucas, mas bastante impressionantes:
   “Este mandamento te dou, meu filho Timóteo, que, segundo as profecias que houve acerca de ti, milites por elas boa milícia; Conservando a fé, e a boa consciência, a qual alguns, rejeitando, fizeram naufrágio na fé. E entre esses foram Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar.” (1 Timóteo 1:18-20)

   Fico impressionado ao ver que você, meu amigo Danilo, que estudou em um seminário nos Estados Unidos, esteja confundindo escatologia com apologética. Meu problema não é quando ou como será o fim do mundo, mas com as graves deturpações apresentadas por este homem cujo desenho aparece ao lado do seu como “os réus” do Genizah. Gostaria de lembrá-lo de apenas mais uma frase que escreveu durante nossa conversa pelo Skype... aquela que falei ter me tirado o sono:
   Genizah não é blog pessoal, é uma revista! Publico o que concordo e o que discordo: já publiquei no mesmo dia a favor do dizimo e contra o dizimo e outro muito pelo contrário.
   Ora bolas, como alguém pode ser apologeta publicando o que concorda e também o que discorda? O apologeta é obrigado a concordar 100% com a Bíblia e discordar de quaisquer desvios... o preço para ser apologeta é bastante alto, pois acabamos desagradando a maior parte do público... especialmente os que estão querendo viver exatamente como nos dias de Noé. Se publicamos o que discordamos, então teríamos de encontrar textos favoráveis ao Malafaia e ao Marcos Feliciano... mas o que poderia ser constatado com tais ausências? Que estamos sendo parciais, aceitando o engano de nossos amigos e crucificando o dos desafetos?
   Ser apologeta exige atenção e amor pela única coisa que nos conduz à santificação e, consequentemente, à salvação... que por acaso é a Palavra de Deus. O erro, vindo de qualquer parte, deve ser exposto e exortado.
   Dadas todas as divergências e discrepâncias que registrei, tenho (perante a Palavra) a tranquilidade de afirmar que esse que você afirma como sendo “homem de Deus” me parece mais um daqueles citados aqui:
   “E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.” (2 Coríntios 11:14-15)
   E o que me leva a ter ainda mais certeza disso foi o texto que ele publicou no dia 7 de julho sobre as “teorias da conspiração”… é bem igual aquele velho recurso de satanás, onde ele se coloca como motivo de piadas e escárnio a ponto de levar alguns a crer que a existência de satanás seja um absurdo. Esse texto acabou me levando a um raciocínio exatamente oposto às intenções de seu autor, se ele está criticando é porque de alguma dessas organizações ele está fazendo parte…
   Desculpe, meu amigo, mas ele pode ser uma pessoa ótima, ativa, simpática, criativa, engajada socialmente e bastante articulada… mas dados todos os seus registros de graves divergências bíblicas, com certeza, apologeta ele não é!
Os Réus[135]
   Pior ainda é que meu papel como apologeta não me permite publicar o que concordo e discordo, mas me obriga a combater os enganos e heresias, mesmo que doa muito em meu coração. Não posso nem mesmo me calar ou omitir.
   Repito: não é um problema escatológico, mas sim apologético! Hermes Fernandes ignora, distorce e deturpa a Palavra de Deus para que se adeque a seus propósitos cuja intenção desconheço, mas que acaba atuando na alienação das pessoas sobre o vindouro (e não muito distante) retorno do Senhor Jesus Cristo.
   Você, Danilo, sabe quem eu sou. Já estivemos juntos por alguns breves momentos e pode ter a certeza que não estou fazendo tais denúncias para criar polêmica ou chamar atenção: meu papel neste mundo é servir a meus irmãos e, principalmente, ao Senhor Jesus Cristo acima de absolutamente quaisquer outras coisas. Quero seu bem a longo prazo (de preferência para a vida eterna), mesmo que isso possa chocá-lo ou causar alguma adversidade aqui nesta terra. Os erros já estão citados e expostos, mas vou ainda escrever e publicar uma boa análisesobre os posicionamentos deturpados que esse homem apresenta, mesmo quando menciona passagens bíblicas.
   Como de praxe, saiba que envio algumas cópias ocultas dessa mensagem, pois isso permite que alguns irmãos tomem conhecimento de meu posicionamento e, quem sabe, possam me exortar caso esteja incorrendo em algum erro.
   Não me dirijo diretamente ao Hermes por, em primeiro lugar, não conhecê-lo e, dadas as divergências e observações, nem mais gostaria de tal contato. Em segundo lugar, porque estou apenas analisando textos que publicou e divulgou amplamente na internet, assinando e assumindo plena responsabilidade por seu posicionamento.
   Eu permaneço com a solidez da Palavra... e você?
   Um fraternal abraço.

AS REINAÇÕES DE HERMENEU escrito por um Teóphilo

http://teophilo.info/analises/hermeneu.php

AS REINAÇÕES DE HERMENEU

COMO QUERER SER "COOL" DEMAIS PODE DAR INÍCIO A UMA SEITA

Logo após o fim do período que passei sem escrever conheci algumas pessoas bastante interessantes por sua aparente preocupação em divulgar a Palavra: gente nova e cheia de idéias, capaz de chamar a atenção e reunir gente em torno de seu trabalho!
Para quem tinha ficado quase dois anos distante das publicações eletrônicas, esse contato foi bastante animador e serviu como ponto de apoio para inovações como, por exemplo, a criação do blog.
Como passei o ano de 2009 envolvido com a obra de reforma da casa onde estou morando, houve um novo período de relativo afastamento e muitas coisas podem ocorrer quando deixamos de prestar atenção... até o que foi inicialmente criado na intenção de ser apologético acabar se tornando pousada para divulgação de idéias dignas de figurar nas doutrinas de seitas que se afirmam "cristãos" como, por exemplo, os testemunhas de jeová.
Pretendo, através desta análise, apresentar a evolução (ou degradação) de um autor que como ser humano demonstra ser muito educado, simpático, alegre... mas que infelizmente, conforme vou mostrar, deixa muito a desejar na função cujo título assumiu, ou seja, pastor: demonstra elevado grau de conhecimentos diversos, mas falha miseravelmente ao se relacionar com aquilo que deveria ser seu principal instrumento de trabalho, ou seja, a Bíblia.
ACHANDO ESTRANHO...
Meu primeiro contato com um amilenista (ou coisa parecida) havia me deixado surpreso, pois não sabia que o conceito de "paraíso na terra" já havia saído de dentro dos salões do reino e contaminado as empresas eclesiásticas evangélicas.
Não quero me prender a uma refutação específica dessa corrente teológica ou escatológica, mas a mim basta ver que se prendem a algumas passagens que lhes interessam e ignoram a Bíblia como um todo, assim como são incapazes de ver que o Senhor Deus já se usou de "tipos" para apontar algo que ainda não havia ocorrido em sua plenitude.
Dessa forma se prendem a um momento histórico específico para afirmar que já é chegado o reino de Deus... agora, nesta terra!
Tal idéia é, no mínimo, uma forma de subestimar o poder de Deus... se não for coisa pior!
Em nome da preservação deste mundo acusam aqueles que esperam o retorno do Senhor Jesus Cristo de irresponsáveis para com o futuro da Terra, dando maior prioridade às questões sociais e ecológicas que ao estudo e à aplicação da Palavra!
Espero que, ao ler esta análise, o leitor tenha conhecimento do conteúdo dos estudos "Termômetro do Fim" e "Termômetro do Fim Revisitado", pois além de não crer que os verdadeiros cristãos devam sair por aí destruindo as coisas, tirar seu foco do evangelho puramente bíblico para tratar de uma utópica visão da reconstrução do paraíso na terra acaba ligando meu "desconfiômetro".
Após o terremoto do Haiti, alguns autores cristãos vieram com uma idéia completamente errada de que aquela tragédia seria uma espécie de julgamento de Deus sobre aquela nação e tive que expressar minha contrariedade a este conceito. Porém, em 28 de fevereiro de 2010 me deparei com um pequeno texto de autoria de Hermes Fernandes publicado no blog Genizah cujo trecho destacado abaixo me chamou a atenção:
Alguns pregadores zelosos (1) (e alguns tantos sensacionalistas) aproveitam tais catástrofes para enfatizar a proximidade do fim do mundo, como se terremotos nunca houvessem acontecido antes, ou pelo menos, com tamanha freqüência. Terremotos, bem como Tsunamis, Furacões, Tornados e outros cataclismos naturais, sempre ocorreram. Não se trata do fim dos tempos(2). No parecer de Paulo, o apóstolo, a criação geme como se estivesse com dores de parto(3). Poderíamos dizer que tais terremotos são como contrações de uma natureza prenha, prestes a dar a luz. Uma nova terra está a caminho. Os geólogos sabem disso. Nosso planeta está passando por uma reconfiguração, um reajuste, que abarca todo seu ecossistema. As placas tectônicas estão se ajustando, e isso tem seus efeitos colaterais. À medida que se aproxima a hora do parto, as contrações tendem a ficar mais intensas e freqüentes.
Não querendo criar um grande confronto por causa de algo que poderia ser mero detalhe, publiquei o seguinte comentários através do Google Buzz:
(1) Quem não é zeloso é o quê?
(2) Deus deve ser muito fraquinho mesmo para precisar reconstruir esta terra ao invés de fazer outra nova, tadinho...
(3) Acho que o autor está querendo se referir à seguinte passagem:
"Porque a criação ficou sujeita à vaidade, não por sua vontade, mas por causa do que a sujeitou, Na esperança de que também a mesma criatura será libertada da servidão da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus. Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora. E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo. Porque em esperança fomos salvos. Ora a esperança que se vê não é esperança; porque o que alguém vê como o esperará? Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o esperamos." (Romanos 8:20-25)
Aqui se fala da decadência da criação por causa do pecado e sobre a esperança da salvação... não há referência alguma ao retorno do Senhor Jesus Cristo!
Ao apresentar tal ponto de vista, este autor demonstra estar muito bem treinado pela ONU para convencer os outros de que isto aqui terá um futuro além de Apocalipse 20, assim como os testemunhas de jeová.
Fora este parágrafo, o texto é perfeito, ou seja, um balde de água limpa... com algumas gotinhas de veneno!
PONTOS A OBSERVAR
1. Não frequento o blog do autor destacado na presente análise, mas só vim a tomar conhecimento de suas manipulações através do blog Genizah que, conforme mencionado no parágrafo de abertura, imaginava ser blog pessoal do meu querido irmão Danilo Silvestre e que teve, inicialmente, caráter apologético.
Diante da constatação de tantos absurdos registrados por Hermes Fernandes, mais especificamente após ter publicado "Quem É Seu Herói?", acabei escrevendo uma carta bem longa e explicativa para o Danilo e apresento agora trechos da resposta que recebi:
O artigo não é meu, é do Hermes e foi publicado primeiro no blog dele, mas as pessoas aproveitam e vêm me bater apenas por ter visto meu nome... nem lêem nada!
Peço o seguinte: o post esta no blog do Hermes, faça o link para lá e me exclua totalmente do assunto!
Genizah não é blog pessoal, é uma revista! Publico o que concordo e o que discordo: já publiquei no mesmo dia um texto a favor e outro contra o dízimo... e outro muito pelo contrário!
Não publicaria jamais texto a favor da teologia da prosperidade, sincretismo ou propósitos, pois não vejo margem possível para interpretações honestas sobre isto.
Vejo diferenças honestas entre você, a Mary Schultze, o Hermes... você pode até achar que tais diferenças são cruciais e vou continuar te respeitando e levando a sério. Agora, se você achasse que o príncipe William é o anticristo e o Kaká um illuminatti... aí eu nem perderia meu tempo.
Portanto espero que vejam bem o posicionamento do Danilo e não o perturbem.
2. Acho que qualquer cristão sincero é capaz de compreender que as profecias bíblicas têm a obrigação de se cumprir com exatidão: a Palavra de Deus não falha!
Se Judas Iscariotes se chamasse Pafúncio, ainda assim as profecias se cumpririam.
Da mesma forma há homens que escolheram servir satanás e promover a implantação do reino do anticristo neste mundo... este reino está profetizado e de forma alguma deixará de se cumprir. Estes homens poderiam se chamar de "clube do bolinha" e sinalizar suas ações com pequenas flores cor de rosa... ou qualquer variação doida que puderem imaginar.
O problema é que muitos grupos têm agido de forma a colaborar com o estabelecimento deste reino maligno e apenas observando como procedem seremos capazes de distinguir os "buchas" dos autênticos... se bem que qualquer um que não esteja lutando em defesa da fé, por sua suposta "neutralidade", já está colaborando com satanás. Inútil da mesma forma é ficar apenas detectando e denunciando as malignidades de tais grupos sem ensinar o único "antídoto" capaz de conduzir à salvação eficaz, que é o genuíno evangelho sem mistura.
Tenho visto muita gente falando de Illuminattis, maçons, Nova Ordem Mundial... mas falam por falar, sem pregar a redenção que pode ser obtida apenas através da fé no Senhor Jesus Cristo. Tais discursos acabam sendo alarmistas, vazios e, por mais verdade que possam conter, passíveis de ser ridicularizados e desacreditados pelos próprios agentes a serviço do anticristo em artigos repletos de sarcasmo.
Por outro lado, tem gente fazendo um excelente trabalho de pesquisa e não posso deixar de destacar o autor do site "Apocalipse Total", cuja comparação entre fatos e profecias é bastante plausível. Foi através de seu trabalho que tomei conhecimento das atividades desempenhadas pela Fé Bahai, sua grande influência sobre a ONU e outras entidades globais, assim como seus planos para o futuro deste mundo revelados através de suas "escrituras sagradas", o Kitáb-i-Aqdas.
AINDA MAIS ESTRANHO...
Tenho comigo o conceito de que, para ser um verdadeiro cristão, devemos pensar qual seria o posicionamento que o Senhor Jesus Cristo assumiria diante de cada nova situação que se apresenta: sou humano e falho... admito que muitas vezes deliberadamente escolho a opção errada, mas, conforme amadureço na fé e no conhecimento da Palavra, tais episódios se tornam cada vez mais raros.
É claro que para poder saber um pouco mais sobre o comportamento de Cristo temos de conhecer bem a Palavra de Deus a ponto de pensarmos de acordo com ela e empregá-la de forma prática a nossas próprias vidas.
Aqui faz-se necessária a leitura de "Quem É Seu Herói", cujo conteúdo não irei transcrever, mas que podemos classificar como o segundo choque que os textos de Hermes Fernandes me causaram, pois fiquei bastante espantado ao encontrar um pastor que pudesse admirar com tamanho entusiasmo uma personalidade que não apenas é oposta a do Senhor Jesus Cristo, mas se adequa em detalhes às profecias bíblicas sobre o anticristo (veja vídeo ao lado)... não estaria esse homem praticando a profissão errada?
Não me senti à vontade para buscar contato direto com ele, mas tentei fazê-lo através de nosso amigo em comum e recebi a resposta que já transcrevi acima. Qualquer autor, ao publicar textos na internet, assume integral responsabilidade por aquilo que apresenta: foi assim comigo quando expus pela primeira vez o misticismo e a idolatria da Lagoinha, que, ao contrário do esperado após a denúncia, só fizeram enraigar e crescer com a passagem do tempo.
Da mesma forma, parece que ser contradito despertou nesse homem a vontade de divulgar suas deturpações com ainda mais força, pois foi buscar um velho texto para republicar: e vou me dar ao trabalho de ir comentando ponto a ponto.
EXTRA! EXTRA!
O QUÊ?

O REINO DE DEUS
“É chegado a vós o Reino de Deus.” (Lucas 10:9a)
Para começo de conversa, devemos ver o texto dentro de seu contexto original:
"E, em qualquer cidade em que entrardes, e vos receberem, comei do que vos for oferecido. E curai os enfermos que nela houver, e dizei-lhes: É chegado a vós o reino de Deus. Mas em qualquer cidade, em que entrardes e vos não receberem, saindo por suas ruas, dizei: Até o pó, que da vossa cidade se nos pegou, sacudimos sobre vós. Sabei, contudo, isto, que já o reino de Deus é chegado a vós. E digo-vos que mais tolerância haverá naquele dia para Sodoma do que para aquela cidade. Ai de ti, Corazim, ai de ti, Betsaida! Porque, se em Tiro e em Sidom se fizessem as maravilhas que em vós foram feitas, já há muito, assentadas em saco e cinza, se teriam arrependido. Portanto, para Tiro e Sidom haverá menos rigor, no juízo, do que para vós." (Lucas 10:8-14)
Aqui devo formular uma questão: quando alguém aceita ao Senhor Jesus Cristo... imediatamente é transportado para o paraíso?
Acho que não...
Não estou me referindo àqueles que são convencidos pelo falso evangelho pregado nos dias atuais, que mesmo apesar de todas as boas ações continuam com seus destino garantido no inferno, mas digo isto em relação aos que foram verdadeiramente salvos ao se arrependerem de seus pecados e passarem a confessar Jesus Cristo como seu verdadeiro e único Senhor e Salvador.
Não quero me estender nesse tema, mas salvação implica em passar a fazer parte do Corpo; fazer parte do Corpo implica em conhecer e obedecer a voz da Cabeça; a única forma fidedigna de saber a vontade da Cabeça é através da Palavra deixada (inspirada) por Ela da forma mais clara e sem deturpações.
Ora, é chegado o reino àqueles que se convertem? Sim, mas... da mesma forma que um cheque a ser descontado: ele é seu, nominal e intransferível, mas o valor descrito ainda não está na sua conta!
É como você estivesse de posse de seu passaporte, todo carimbado e regulamentado, mas ainda aguardando a hora certa do embarque:
"Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui." (João 18:36)
Tanto a primeira passagem, que aponta para um vindouro juízo, quanto esta segunda, onde o próprio Jesus afirma que seu reino não é bem aqui neste mundo destroem a afirmação inicial de nosso bem intencionado deturpador da Palavra.
Um detalhe bobo que me deixou incomodado foi o desleixo do autor ao citar seu trecho fora de contexto, já que a partícula escolhida por ele seria Lucas 10:9b e, mesmo após ter sido alertado através de comentários, nada fez para corrigir isto... será que isto serve como indicador da importância que ele dá à Bíblia?
POR QUÊ?
DEUS TEM O DIREITO DE GOVERNAR SUA CRIAÇÃO
"Digno és, Senhor nosso e Deus nosso, de receber a glória, a honra e o poder, porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade existem e foram criadas.” (Apocalipse 4:11)
Não discordo que Deus tenha o direito de governar sua criação, mas... Ele está interessado nisso?
"E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória; porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te para trás de mim, Satanás; porque está escrito: Adorarás o Senhor teu Deus, e só a ele servirás." (Lucas 4:5-8)
Quando o diabo fala que todos os reinos do mundo lhe foram dados, Jesus não o contradiz e tal atitude é explicada através da seguinte passagem:
"Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas. Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti. Na multiplicação do teu comércio encheram o teu interior de violência, e pecaste; por isso te lancei, profanado, do monte de Deus, e te fiz perecer, ó querubim cobridor, do meio das pedras afogueadas. Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti." (Ezequiel 28:14-17)
Então, querer devolver o governo da criação a Deus antes da hora certa é coisa de homem que não lê a Bíblia, pois está escrito:
"É passado o segundo ai; eis que o terceiro ai cedo virá. E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso SENHOR e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre. E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus, Dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-Poderoso, que és, e que eras, e que hás de vir, que tomaste o teu grande poder, e reinaste. E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra." (Apocalipse 11:14-18)
Vejam que a referência ao reino novamente figura bem próxima a um vindouro julgamento que, definitivamente, ainda não ocorreu, pois da mesma forma os galardões ainda não foram distribuídos.
Notem que tudo isto pode até parecer escatologia, mas não passa de mera e direta interpretação de texto!
PRA QUÊ?
PARA OBEDIÊNCIA DAS NAÇÕES
“Ora, àquele que é poderoso para vos confirmar segundo o meu evangelho e a pregação de Jesus Cristo, conforme a revelação do mistério que desde tempos eternos esteve oculto, mas que se manifestou agora, e foi dado a conhecer pelas Escrituras dos profetas, segundo o mandamento do Deus eterno, a todas as nações para obediência da fé.” (Romanos 16:25-26)
Essa é a despedida de Paulo em sua carta aos Romanos. O que está sendo dado a conhecer "pelas Escrituras dos profetas segundo o mandamento do Deus eterno" que, em nosso caso, é a Bíblia e, mais especificamente, o evangelho. "Todas as nações" é referência aos gentios.
Vejam que tal passagem de forma alguma é um decreto, mas uma exortação à evangelização (ampla geral e irrestrita) e à obediência daqueles que têm a verdadeira fé, em qualquer nação que estejam. Não é relativa e nem atinge os que não crêem.
Este é um ótimo exemplo de que esse autor fica procurando verdadeiros remendos para cobrir os buracos de sua teologia espúria.
PARA RESTAURAÇÃO DA TERRA
“Te darei por aliança do povo, para restaurares a terra, e lhe dares em herança as herdades assoladas.” (Isaías 49:8b)
Observando a passagem dentro do contexto:
"Assim diz o SENHOR, o Redentor de Israel, o seu Santo, à alma desprezada, ao que a nação abomina, ao servo dos que dominam: Os reis o verão, e se levantarão, como também os príncipes, e eles diante de ti se inclinarão, por amor do SENHOR, que é fiel, e do Santo de Israel, que te escolheu. Assim diz o SENHOR: No tempo aceitável te ouvi e no dia da salvação te ajudei, e te guardarei, e te darei por aliança do povo, para restaurares a terra, e dar-lhes em herança as herdades assoladas; Para dizeres aos presos: Saí; e aos que estão em trevas: Aparecei. Eles pastarão nos caminhos, e em todos os lugares altos haverá o seu pasto. Nunca terão fome, nem sede, nem o calor, nem o sol os afligirá; porque o que se compadece deles os guiará e os levará mansamente aos mananciais das águas. E farei de todos os meus montes um caminho; e as minhas estradas serão levantadas. Eis que estes virão de longe, e eis que aqueles do norte, e do ocidente, e aqueles outros da terra de Sinim. Exultai, ó céus, e alegra-te, ó terra, e vós, montes, estalai com júbilo, porque o SENHOR consolou o seu povo, e dos seus aflitos se compadecerá." (Isaías 49:7-13)
Vejam a partícula "no tempo aceitável", assim como as promessas posteriores à citação do autor... tais coisas vão ocorrer gradualmente: a "restauração da terra" parece apontar o reencontro de seus habitantes (apenas os que aceitarem ser libertos da prisão e sair das trevas) com o alimento (pasto), ou seja, a Palavra.
Estamos agora no tempo da aceitação, onde quem tiver de ser restaurado será... a oportunidade está disponível para todos, mas poucos irão aproveitá-la. O reino não é mencionado em toda a extensão dessa passagem e, portanto, ainda está por vir.
PARA JULGAR O PECADO
“Pede-me, e eu te darei as nações por herança, e os fins da terra por tua possessão. Tu os regerás com vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro.” (Salmos 2:8-9)
Leiamos o Salmo 2 na íntegra?
"Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vãs? Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o SENHOR e contra o seu ungido, dizendo: Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas. Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles. Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará. Eu, porém, ungi o meu Rei sobre o meu santo monte de Sião. Proclamarei o decreto: o SENHOR me disse: Tu és meu Filho, eu hoje te gerei. Pede-me, e eu te darei os gentios por herança, e os fins da terra por tua possessão. Tu os esmigalharás com uma vara de ferro; tu os despedaçarás como a um vaso de oleiro. Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra. Servi ao SENHOR com temor, e alegrai-vos com tremor. Beijai o Filho, para que se não ire, e pereçais no caminho, quando em breve se acender a sua ira; bem-aventurados todos aqueles que nele confiam."
Os gentios se amotinam, os povos imaginam bobagens e os reis se levantam contra o Senhor e seu ungido... não é este o quadro em que estamos vivendo agora? Novamente o autor demonstra ser incapaz de reconhecer que o momento descrito por ele é o que se seguirá ao que está descrito em Apocalipse 11:14-18, já transcrito anteriormente.
Estaria sendo ele intencionalmente confuso para cumprir algum objetivo oculto?
PARA DESTRUIR TODA ESTRUTURA DE PODER INJUSTA (PARA DESTRUIR OS INIMIGOS no original)
“Então virá o fim, quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver destruído todo domínio, e toda autoridade e todo poder. Pois convém que ele reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo dos seus pés. Ora, o último inimigo que há de ser destruído é a morte.” (1 Coríntios 15:24-26)
É muito maldosa a manobra de ignorar o verso 23, que diz:
"Mas cada um por sua ordem: Cristo as primícias, depois os que são de Cristo, na sua vinda." (1 Coríntios 15:23)
Ora, em 1 Coríntios o Senhor Jesus Cristo já havia ressuscitado e ascendido aos céus! Logo, com destaque à palavra "ORDEM", a referência do verso 23 se dá em relação a segunda vinda de Cristo que, definitivamente, ainda não ocorreu.
Se, pelo contrário, Hermes Fernandes está afirmando que Cristo já voltou, também afirma que já houve a ressureição e, agindo assim, se iguala a Himeneu e Fileto, "carinhosamente" citados pelo apóstolo Paulo:
"Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade. Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade. E a palavra desses roerá como gangrena; entre os quais são Himeneu e Fileto; Os quais se desviaram da verdade, dizendo que a ressurreição era já feita, e perverteram a fé de alguns." (2 Timóteo 2:15-18)
E, em especial para Himeneu:
"Este mandamento te dou, meu filho Timóteo, que, segundo as profecias que houve acerca de ti, milites por elas boa milícia; Conservando a fé, e a boa consciência, a qual alguns, rejeitando, fizeram naufrágio na fé. E entre esses foram Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar." (1 Timóteo 1:18-20)
Como dou mais de uma prova que o autor maneja muito mal a Palavra (no mesmo estilo de Rick Warren) e deturpa as passagens bíblicas para que se adequem aos seus próprios objetivos (... e começo a temer quais sejam!), vou tomar a liberdade de não mais me referir a ele de forma direta, mas através de uma referência a seu "inspirador" histórico: de agora em diante está explicada a razão do "Hermeneu" utilizado no título desta análise.
DE QUEM?
DE DEUS, O PAI
“Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre.” (Mateus 6:13b)
Odeio textos grandes demais sem que haja necessidade para isso, mas tem gente que pensa que tamanho é sinônimo de qualidade...
Se desde o início estamos falando sobre o reino de Deus, por que usar um trecho do conhecido "Pai Nosso", pouco antes do "Amém", como referência justificativa para algo que é óbvio? Só pode ser a famosa "encheção de linguiça"!!!
PRA QUEM?
PARA NÓS, SEU POVO
“O reino e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo. O seu reino será um reino eterno, e todos domínios o servirão e lhe obedecerão.” (Daniel 7:27)
É... só faltou ver o texto dentro do contexto...
"Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços. E, quanto aos dez chifres, daquele mesmo reino se levantarão dez reis; e depois deles se levantará outro, o qual será diferente dos primeiros, e abaterá a três reis. E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a lei; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo. Mas o juízo será estabelecido, e eles tirarão o seu domínio, para o destruir e para o desfazer até ao fim. E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão. Aqui terminou o assunto. Quanto a mim, Daniel, os meus pensamentos muito me perturbaram, e mudou-se em mim o meu semblante; mas guardei o assunto no meu coração." (Daniel 7:23-28)
Ah tá... e aquele que proferirá palavras contra o Altíssimo e destruirá os santos do Altíssimo que, por acaso, também é mencionado em Apocalipse 13:6-7, já teve sua chaga mortal curada e toda a terra já se maravilhou perante ele, né? Eu perdi...
Pior ainda é que, seguindo este raciocínio, se formos olhar Apocalipse 13:8 poderemos concluir então daqueles que não adoraram a este personagem estão escritos no livro da vida, ou seja, todos os seres humanos vivos nesse momento... que maravilha, não?!
Pena que é mentira proveniente de deturpação...
POR QUEM?
POR JESUS CRISTO
“Os que recebem a abundância da graça, e o dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.” (Romanos 5:17b)
DE ONDE?
NÃO É DESTE MUNDO
“O meu reino não é deste mundo.” (João 18:36a)
DO CÉU
“Aquele que vem de cima é sobre todos; aquele que vem da terra pertence à terra, e fala como alguém da terra. Aquele que vem do céu é sobre todos.” (João 3:31)
É o que sempre digo: ninguém pode mentir o tempo todo! Há que se falar um pouco de verdade mesmo no meio das piores deturpações... mas isso é mero estratagema: será que mencionar só agora, a esta altura do campeonato, que o reino não é deste mundo não é meio contraditório? A intenção seria então criar confusão na cabeça dos incautos?
PRA ONDE?
PARA O MUNDO
“Os reinos do mundo vieram a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre.” (Apocalipse 11:15b)
Buscando entender dentro do contexto, tal passagem está localizada após a ressureição das duas testemunhas... vejam:
"E os que habitam na terra se regozijarão sobre eles, e se alegrarão, e mandarão presentes uns aos outros; porquanto estes dois profetas tinham atormentado os que habitam sobre a terra. E depois daqueles três dias e meio o espírito de vida, vindo de Deus, entrou neles; e puseram-se sobre seus pés, e caiu grande temor sobre os que os viram. E ouviram uma grande voz do céu, que lhes dizia: Subi para aqui. E subiram ao céu em uma nuvem; e os seus inimigos os viram. E naquela mesma hora houve um grande terremoto, e caiu a décima parte da cidade, e no terremoto foram mortos sete mil homens; e os demais ficaram muito atemorizados, e deram glória ao Deus do céu. É passado o segundo ai; eis que o terceiro ai cedo virá. E o sétimo anjo tocou a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: Os reinos do mundo vieram a ser de nosso SENHOR e do seu Cristo, e ele reinará para todo o sempre." (Apocalipse 11:10-15)
Mais especificamente após o sétimo anjo tocar sua trombeta... alguém se deu ao trabalho de olhar as consequências das outras seis trombetas anteriores? Só vou mostrar o que aconteceu quando as quatro primeiras foram tocadas:
"E o primeiro anjo tocou a sua trombeta, e houve saraiva e fogo misturado com sangue, e foram lançados na terra, que foi queimada na sua terça parte; queimou-se a terça parte das árvores, e toda a erva verde foi queimada. E o segundo anjo tocou a trombeta; e foi lançada no mar uma coisa como um grande monte ardendo em fogo, e tornou-se em sangue a terça parte do mar. E morreu a terça parte das criaturas que tinham vida no mar; e perdeu-se a terça parte das naus. E o terceiro anjo tocou a sua trombeta, e caiu do céu uma grande estrela ardendo como uma tocha, e caiu sobre a terça parte dos rios, e sobre as fontes das águas. E o nome da estrela era Absinto, e a terça parte das águas tornou-se em absinto, e muitos homens morreram das águas, porque se tornaram amargas. E o quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e semelhantemente a noite." (Apocalipse 8:7-12)
Preciso escrever mais para provar que quem diz que o reino de Cristo já é aqui e agora está ensinando uma outra doutrina?
"Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais." (1 Timóteo 6:3-5)
QUANDO?
MANIFESTOU-SE NA PLENITUDE DOS TEMPOS
“E desvendou-nos o mistério da sua vontade (...) de fazer convergir em Cristo todas as coisas, na dispensação da plenitude dos tempos, tanto as que estão nos céus como as que estão na terra.” (Efésios 1:9a,10)
QUANDO SE DEU A PLENITUDE DOS TEMPOS?
“Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sob a lei.” (Gálatas 4:4)
A primeira passagem se refere à graça da salvação obtida através do Senhor Jesus Cristo e, apesar de relacionada, não faz menção direta a Seu reino.
Da mesma forma a segunda passagem que, em seu contexto original, é parte da explicação de como nós, gentios, nos tornamos herdeiros de Deus por Cristo... resumindo, este autor vai tornando seu texto mais extenso com referências verdadeiras, porém desnecessárias.
DESDE QUANDO?
DESDE A FUNDAÇÃO DO MUNDO
“Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.” (Mateus 25:34b)
A boa e velha questão temporal... com certeza esse texto merece ser observado dentro do contexto original:
"E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo." (Mateus 25:31-34)
Que legal! É o próprio Jesus Cristo falando que virá em glória, com anjos e tudo o mais!!!
Como alguém pode afirmar que o reino já está estabelecido se as nações não foram reunidos e, principalmente, os bodes (sem a menos sombra de dúvidas) não foram apartados das ovelhas? Isso implicaria em dizer, novamente, que todos os seres humanos que atualmente vivem são ovelhas!
Já não tenho mais dúvidas de que o Hermeneu cita apenas trechos quebrados e extraídos do contexto com o único objetivo de iludir àqueles que não conhecem a Palavra com suas teorias duvidosas, mas... qual seria o objetivo?
ATÉ QUANDO?
POR TODA A ETERNIDADE
“Foi-lhe dado o domínio, a honra e o reino; todos os povos, nações e línguas o adoraram. O seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino o único que não será destruído.” (Daniel 7:14)
Sim! Sem dúvida o domínio do filho do homem será eterno, mas para aqueles que teimam em querer afirmar que ele foi estabelecido no ano de 70, fui pesquisar mais a fundo e gostaria de apresentar uma interessantíssima tabela organizada por Jeffrey W. Hamilton:

DESTRUIÇÃO DE JERUSALÉM (Mateus 23:36 a 24:35) DESTRUIÇÃO DO MUNDO (Mateus 24:36 a 25:46)
O tempo é identificável O tempo é desconhecido
Ocorrerá "nesta geração" Acontecerá "naquele dia"
Os eventos precedentes serão inusitados Os eventos precedentes serão típicos
Haverá advertências antecipadamente Não haverá advertência
O exemplo da figueira O exemplo do ladrão
O julgamento será local, na nação de Israel O julgamento será universal
Sinais específicos do julgamento vindouro podem ser vistos Nenhum sinal antecipado do fim
Haverá tempo para escapar do julgamento Não haverá tempo para fuga


Sem dúvidas esta tabela (assim como todo esse estudo) é bastante interessante: apresenta uma visão detalhada para a qual eu próprio ainda não havia atentado tão minuciosamente.
Quando digo que estou disposto a aprender é porque estou sendo sincero e aguardando material, assim como esse, com sólidas bases bíblicas... e não invencionices que necessitam de deturpações para existirem!
COMO… SER CIDADÃO DESTE REINO?
“Em verdade, em verdade te digo que quem não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus (...) aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus.” (João 3:3a,5b)
Legal... mas acho necessário apresentar também como NÃO SER cidadão deste reino:
"Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave. Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros." (Efésios 5:1-7)
"Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro." (Apocalipse 22:18-19)
Logo essas passagens são suficientes para apresentar o destino daqueles que deturpam, acrescentam, subtraem ou pretendem tornar a pura Palavra de Deus em palavras vãs para sustentar suas interpretações particulares.
QUANTO... CUSTOU NOSSO INGRESSO NO REINO DE DEUS?
“Ele nos arrebatou do império das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor, em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados (...) havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus”. (Colossenses 1:13-14, 20)
Como já disse, ele não pode deturpar o tempo inteiro! Apenas gostaria de acrescentar uma passagem que seria bem mais direta:
Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem. O qual se deu a si mesmo em preço de redenção por todos, para servir de testemunho a seu tempo. (1 Timóteo 2:5-6)
QUAL… A MISSÃO DOS CIDADÃOS DO REINO?
“De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamos-vos da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.” (2 Coríntios 5:20)
“Portanto, ó reis, sede prudentes; deixai-vos instruir, juízes da terra. Servi ao Senhor com temor e alegrai-vos com tremos. Beijai o Filho, para que não se ire, e pereçais no vosso caminho, pois em breve se inflamará a sua ira. Bem-aventurados todos aqueles que nele se refugiam.” (Salmos 2:10-12)
Tudo bem que Davi foi profético ao escrever o Salmo 2, mas porque ir no Antigo Testamento buscar esse papo de reis e juízes... "beijai o Filho"?! O autor não poderia aplicar uma passagem mais direta?
"Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas." (2 Timóteo 4:1-4)
O que mais posso dizer? Apenas que o doutor Hermeneu escreve excelentes fábulas: na medida para agradar aqueles que pensam conhecer as Escrituras, mas que não costumam agir como bereanos e comparar se o que ele diz é mesmo dessa forma.
EXTRA! EXTRA!
“Quão formosos são sobre os montes os pés do que anuncia BOAS NOVAS, que proclama a paz, que anuncia coisas boas, que faz ouvir a salvação, que diz a Sião: O TEU DEUS REINA.” (Isaías 52:7)
Ao permanecer afirmando que este mundo em que vivemos é o reino de Deus, este autor cai em contradição, pois Paulo define:
"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo." (Romanos 14:17)
Essas são três características que os verdadeiros filhos de Deus podem (e devem) ter dentro de si, mas que o mundo não apresenta e, pelo contrário, conforme o tempo passa mais injustiça, desespero e tristeza testemunhamos... em qualquer lugar deste mundo!
Então Hermeneu coloca sua igreja a perseguir, entre outros, estes objetivos como se o cristão tivesse a missão de concretizá-los neste mundo através de seus próprios esforços individuais ou coletivos. Não compreendo como um líder religioso pode ignorar o importante alerta deixado:
"Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras. Mas, irmãos, acerca dos tempos e das estações, não necessitais de que se vos escreva; Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão." (1 Tessalonicenses 4:18-5:3)
Definitivamente há algo de muito errado com o que Hermeneu prega e descobri que, além de seu blog pessoal, ele é fundador de uma seita chamada "Reina", da qual atualmente ostenta o título de "bispo primaz"e cujos adeptos são denominados "reinistas".
Já ouviram uma história de que satanás gosta muito de que surjam muitas piadas e histórias absurdas sobre si próprio? O objetivo seria de que as pessoas passassem a desacreditar de sua existência através de tantos "absurdos" e, com isso, não vissem necessidade de se achegar a Deus.
Pois bem, antes que houvesse tempo para uma pesquisa mais aprofundada, imagino que Hermeneu percebeu minha desconfiança através dos comentários que algumas pessoas mais próximas a mim realizaram em suas postagens e lançou mão da mesma manobra satânica descrita acima... querem ver?
TEORIAS DE CONSPIRAÇÃO
Os Illuminati e a Maçonaria dominam o mundo e estão por trás da nova ordem mundial!
A vacina contra a gripe suína é uma farsa e visa coibir o aumento da população mundial.
Os americanos capturaram extraterrestres e os mantém vivos numa base secreta chamada Área 51.
John Lennon foi assassinado pela CIA.
Michael Jackson foi vítima de conspiração da indústria fonográfica.
A Xuxa fez pacto com o diabo.
Estas são algumas das teorias de conspiração mais conhecidas em nossos dias.
Recentemente deparei-me com alguns artigos e vídeos sobre tais teorias. Algumas chegam a ser plausíveis, nos levando a refletir sobre muita coisa que temos visto na mídia em geral. Outras, porém, além de improváveis, revelam a criatividade mórbida de quem as inventa.
Não duvido de que muito daquilo que nos é contado nas aulas de história nada mais é do que a versão de quem venceu a guerra. Também não duvido que muitos dos dirigentes das nações não passem de marionetes nas mãos das elites. Creio que entre os famosos haja quem tenha feito pactos demoníacos para alcançar o sucesso. Enfim, tudo isso me parece factível, ainda que não seja provado.
O que me incomoda é que tem muita gente se deixando levar por uma onda de factóides conspiratórios, empreendendo uma verdadeira caça às bruxas. Em vez de se preocupar em construir uma sociedade mais justa e transparente, ficam a espreitar em busca de sinais que evidenciem alguma conspiração.
Se a logomarca de uma empresa tem um forma geométrica triangular, logo é considerada satanista, simplesmente porque o triângulo lembra pirâmide, usada em cultos ocultistas. Se vêem um arco-íris, lá vêm as suspeitas de que tenha alguma ligação com a agenda gay.
Isso acaba se tornando uma obsessão.
Produtos são boicotados por sua pseudo-ligação com o ocultismo.
Lendas urbanas são engendradas, como aquela que diz que o McDonald's patrocina o satanismo, ou que a chegada do homem à Lua foi uma farsa, ou que o Elvis ainda vive escondido em alguma ilha do Pacífico.
Pelo amor de Deus! Será que não percebem que isso atenta contra nossa saúde espiritual e emocional?
Não ouso negar que algumas de tais teorias não procedam. Porém isso não pode me distrair do foco. Tenho que prosseguir impulsionado pela certeza de que Deus tem o controle de tudo, inclusive das tentativas humanas ou satânicas de frustar Seus planos.
Tenho que acreditar que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, e que são chamados segundo o Seu propósito (Rm.8:28).
Esta era a certeza que norteava a igreja primitiva. Logo na primeira perseguição que sofrera, a igreja se reuniu e em oração declarou:
"Ó Soberano, tu fizeste o céu, a terra, o mar e tudo o que neles há! Tu falaste pelo Espírito Santo por boca do teu servo, nosso pai Davi: ‘Por que se enfurecem as nações, e os povos conspiram em vão? Os reis da terra se levantam, e os governantes se reúnem contra o Senhor e contra o seu Ungido’. De fato, Herodes e Pôncio Pilatos reuniram-se com os gentios e com os povos de Israel nesta cidade, para conspirar contra o teu santo servo Jesus, a quem ungiste. Fizeram o que o teu poder e a tua vontade haviam decidido de antemão que acontecesse. Agora, Senhor, considera as ameaças deles e capacita os teus servos para anunciarem a tua palavra corajosamente” (At.5:24-29).
Que há conspirações, certamente que há. Mas elas não nos podem demover de nosso propósito central. Há uma conspiração maior do que aquelas engendradas pelos poderosos deste mundo: a conspiração do Reino de Deus.
A passagem usada pelos cristãos primitivos nesta oração foi registrada originalmente no Salmo 2. Na continuidade do salmo, Davi relata a reação de Deus diante das conspirações dos poderosos:
“Do seu trono nos céus o Senhor põe-se a rir e caçoa deles” (Salmos 2:4).
Em outras palavras, Deus não os leva a sério. Se de fato há treze famílias na terra que detém o poder sobre os governos e instituições financeiras, por mais poderosos que sejam, Deus acha graça e caçoa deles. Nem os Illuminati, nem o Priorado de Sião, ou a fraternidade “Skull and Bones”, devem despertar em nós outra reação que não seja riso. Não passam de um monte de gente boba, estúpida, tentando assegurar seu poder no mundo, mas cujo destino já está selado (1 Co.2:6).
Lembre-se que Ele é quem “remove reis e estabelece reis” (Dn.2:21). Não vou gastar o resto da minha vida preocupado com quem será a besta do Apocalipse ou o Anticristo.
Na mesma passagem em que João alerta a igreja sobre o espírito do Anticristo, ele ressalta: “Vós sois de Deus, e já o vencestes, porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo” (1 Jo.4:4).
Mesmo a Besta do Apocalipse está submetida a autoridade do Rei dos reis. Por isso a Escritura afirma que o próprio Deus pôs no coração dos reis que a seguem “o realizarem o intento dele, concordando dar à besta o poder de reinar, até que se cumpram as palavras de Deus” (Ap.17:17).
Isso nos traz segurança. Nosso Deus não é um fantoche nas mãos dos homens, tampouco é pego de surpresa por suas conspirações. Ele tem Sua própria Agenda!
Não sou eu quem vai perder tempo ouvindo discos rodando ao contrário atrás de mensagens subliminares.
Parem de ver o chifre do diabo em tudo e comecem a ver a providência divina conspirando pelo estebelecimento do Reino de Deus entre as nações.
Imagine se a igreja primitiva se negasse a usar as estradas construídas pelo Império Romano, alegando que aquilo era obra do diabo!
Custou anos até que os crentes permitissem que a TV entrasse em suas casas. Pregadores vociferavam de seus púlpitos, ameaçando os crentes com a perda da salvação, caso deixassem que o olho de Satanás entrasse em seus lares.
Tudo isso é meninisse, e se quisermos cumprir nossa missão temos que deixar as coisas de menino.
Sinceramente, acho que a maior cartada que o inimigo tem dado para coibir o avanço da igreja tem sido justamente esta: distrair-nos com suas teorias de conspiração.
Paulo recusou-se a se deixar distrair. A leitura que fazia dos fatos era sempre ressaltando a soberania de Deus e a maneira como as coisas se encaixavam para bem-suceder Seus propósitos eternos.
Imagine se Paulo pensasse como muitos crentes de nossos dias. Ele escreveria da prisão dizendo: Irmãos, o diabo é muito sujo. Olha o que ele fez comigo, usando aqueles judeus para me acusar injustamente, e pressionar os romanos a me prenderem. Tudo foi uma conspiração! Orem e denunciem para abrir os olhos dos outros irmãos.
Mas em vez disso, veja o que ele escreve de dentro da prisão:
“E quero, irmãos, que saibais que as coisas que me aconteceram contribuíram para maior avanço do evangelho. De maneira que as minhas cadeias, em Cristo, se tornaram conhecidas de toda a guarda pretoriada e de todos os demais. Muitos dos irmãos no Senhor, tomando ânimo com as minhas cadeias, ousam falar a palavra mais confiadamente, sem temor” (Fp.1:12-14).
Bem que Jesus advertiu que se nossos olhos fossem bons, tudo ao nosso redor seria luz.
O que nos difere do incrédulo não é o fato de nos sucederem coisas boas, enquanto a eles somente coisas más. O que nos difere é a leitura que fazemos da realidade.
Temos a certeza de que Deus orquestra todas as coisas, de maneira que, até as que são aparentemente ruins, se tornam revestidas de um novo significado, à medida que nos conduzem na direção da concretização dos propósitos divinos.
Os irmãos de José conspiraram contra ele, mas muito acima de seus planos mesquinhos estava a conspiração divina para elevá-lo ao segundo posto mais importante do Egito, e assim, ajudar a preservar a linhagem da qual viria o Filho de Deus (Gn.45:5-8).
Os presidentes e sátrapas da Babilônia conspiraram contra Daniel, armando um flagrante que forçaria o rei a lançá-lo na cova dos leões. Porém, acima de suas conspirações estava a conspiração divina para elevar ainda mais a Daniel naquele reino. O texto que relata este episódio termina dizendo:
“Foi assim que Daniel prosperou no reinado de Dario, e no reinado de Ciro, o persa” (Dn.6:28).
Não sejamos ingênuos, mas também não sejamos obcecados. Mantenhamos nossos olhos fitos no autor e consumador de nossa fé, e não deixemos que nenhuma teoria de conspiração nos distraia do foco.
Em tempo, não me importo com quem está por trás das conspirações, mas com quem está acima de todas elas.
É um texto aparentemente muito bom, mas lembre-se que estamos falando de sutilezas aqui!
O melhor servo do diabo é aquele que consegue se fazer passar com perfeição por ministro da justiça e nisso, através de sutis deturpações, Hermeneu é PhD!
A melhor forma de enganar as pessoas é apresentar idéias muito próximas da verdade, mas conduzir o raciocínio de forma que ao concordar com uma verdade também seja obrigado a simultâneamente concordar com uma parte de mentira.
Hermeneu faz isso ao colocar em um mesmo patamar coisas dispares como Elvis escondido numa ilha e a profética revelação do anticristo; iguala a importância um questionável pacto satânico feito pela Xuxa aos riscos da vacina "contra" H1N1: as consequências de se acreditar em um ou em outro são completamente diferentes! Ao tomar parte da primeira você pode estar sendo um bobo (ou não), mas tomando parte da segunda você pode ter até resultados de "falso positivo" para HIV em seus exames de sangue! É ou não uma consequência muitíssimo mais grave? Para Hermeneu, não...
Ele logo engata no papo de "sociedade mais justa" (e esse tema que vou abordar daqui a pouco), mas como cristão minha maior preocupação é dar o exemplo através de meu próprio comportamento e, havendo oportunidade, pregar a Palavra... isso pode colaborar para uma sociedade mais justa? Talvez, mas o que mais me importa é que através de minhas palavra e atitudes o Espírito Santo tenha oportunidade de convencer os pecadores do pecado, da justiça e do juízo a nível, inicialmente, pessoal e espiritual... todas as outras coisas virão a ser acrescentadas.
Talvez o maior problema não seja o exacerbado delírio paranóide de alguns, mas a não apresentação da forma de escape correta a ser seguida: o povo do "clube do bolinha" gosta de sinalizar seus feitos para que haja reconhecimento até de outros membros em qualquer parte do mundo, independente de língua. Tais obras podem ter as mais variadas consequências, porém as mais nefastas são as que resultam em aparente benefício material, mas que vão conduzindo disfarçadamente os incautos à completa perdição espiritual.
A Palavra de Deus é bem clara quando diz:
"Portanto, não os temais; porque nada há encoberto que não haja de revelar-se, nem oculto que não haja de saber-se. O que vos digo em trevas dizei-o em luz; e o que escutais ao ouvido pregai-o sobre os telhados. E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo." (Mateus 10:26-28) e ainda:
"Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem." (Lucas 21:36)
"Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no SENHOR; andai como filhos da luz (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade); Aprovando o que é agradável ao Senhor. E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe." (Efésios 5:8-12)
"Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." (Tiago 4:7)
"Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar." (1 Pedro 5:8)
Vir com um triunfalismo dizendo, fora de contexto, que todas as coisas colaboram para o bem daqueles que servem ao Senhor é incentivar uma postura espiritualmente alienada, mesmo que social, politica, cultural e ecologicamente ativa: Deus é poderoso o suficiente para não necessitar de conspiração alguma para que seu reino seja estabelecido, ainda mais levando em conta o significado do termo:
Conspiração: associação criminosa com o intuito de lesar outrem.
Logo, o Reino de Deus NÃO CONSPIRA! Em hipótese alguma!
As passagens citadas por mim acima são a prova que Deus até não precisa levar todas essas organizações a sério, pois Sua vontade soberana será estabelecida, mas... e você?
Foi a partir desse ponto que aumentei minha desconfiança, pois só um membro do "clube do bolinha" poderia agir dessa forma tão suja para desviar a atenção das pessoas bem intencionadas, tornando-as alienadas das armadilhas espirituais armadas justamente para afastar o homem de Deus em nome de coisas como "sociedade mais justa", "menos preconceitos"...
A prova da sagacidade de Hermeneu se dá através do parco exemplo apresentado: Paulo na prisão!
Ora, eu posso ser preso, espancado, torturado por não negar a Palavra e, desde já, estou pronto para isso! O que eu não posso é me entregar "de mão beijada", desnecessariamente... isso seria uma grande burrice e temos vários exemplos bíblicos de servos de Deus utilizando dos mais diversos recursos para a autopreservação como, por exemplo, Davi se fingindo de louco (1 Samuel 21:7-15) ou Paulo criando a maior confusão quando foi levado perante o conselho (Atos 23:1-10).
Dessa forma, se há comprovadas contradições em torno de uma vacina... porque tomá-la? Porque me calar e permitir que meus irmãos a tomem sem saber de todas as informações? Se mesmo sabendo dos prós e dos contras, ainda assim decidirem por sua inoculação... aí o problema já não será mais meu! Por covardia não poderei ser acusado!
Mas Hermeneu se incomoda tanto com esses alertas que escreveu todo o texto acima utilizando pesos e medidas diferenciados como se fossem apenas uma coisa e sequer considera que o alerta em si já seja uma providência de Deus na vida daqueles que n'Ele confiam!
Ele acerta ao afirmar que Deus não é fantoche e que tem Sua própria agenda, mas... e você? Experimente cair nas sutis armadilhas do clube do bolinha para ver como são hábeis para te afastar da Palavra, te fazer crer em coisas que não têm a menor importância e, se possível, te levar direto para o inferno! Deus continuará sendo Deus com todos os seus atributos, mas você, que caiu na armadilha por estar alienado...
"Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca."(Marcos 14:38)
"Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo." (Colossenses 2:8)
Ele conclui com mais dois exemplos análogos ao de Paulo na prisão.
Fiquei entristecido e chocado por comprovar que meu amigo está ligado e defendendo um homem que manipula idéias e deturpa a Palavra de forma a tudo soar tão convincente que, se possível, enganaria até os próprios eleitos!
A alienação que ele promove é exatamente a descrita nas passagens:
"E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem. Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos. Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam; Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos. Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar." (Lucas 17:26-30)
Se formos agir conforme os planos do tal "manifesto reinista", vamos estar tão preocupados com a cultura e a ecologia neste dia que não vamos nem perceber que nos afastamos de nosso verdadeiro alvo...
Não sou grande conhecedor das sinalizações características feitas pelos membros do clube do bolinha, mas conheço gente bastante apta para isso: amando a Deus sobre TODAS as coisas, decidi correr o risco de até perder um amigo, mas não deixar de saber se haveria algo de simbolismo oculto no blog da igreja Reina.
Para isso, necessitei do apoio de outros dois irmãos de confiança para contatar alguém que reconheço como especialista no assunto: o autor do blog "Apocalipse Total":
Amados irmãos Auris e Jeremias,
Estou fazendo uma pesquisa analítica e comparativa sobre um homem que está mostrando suas garras, enredando e distraindo...
Tem se apresentado como "revolucionário" cristão, mas muitas coisas estranhas estão aparecendo... fora as deturpações bíblicas que ele apresenta sempre sorridente.
Não quero falar muito para não influenciar nas opiniões que podem ter sobre as coisas que mostrarei, mas meu contato se dá também porque perdi o email do irmão X (do Apocalipse Total), que tem muito mais conhecimento em desvendar símbolos.
Pediria que, se possível, nos colocassem em contato para que ele me diga o que vê na imagem abaixo:

Foi extraída do site da "Igreja Reina".
Obrigado pela atenção e que o Senhor nosso Deus seja para convosco e vossas famílias!
A resposta não demorou a chegar:
QUE GARRAS!!!
Olá Teophilo!
Quanto tempo hein!? Faz tempo que queria me comunicar com você: estou com saudades do Rio e de você amigão!
Espero que a gente se encontre novamente para conversar mais!
Nem precisa citar o meu nome: pode deixar como "Apocalipse Total" mesmo.
Sobre essa igreja... que garras!!!!! O e-mail que me encaminharam estava sem figuras, mas analisei as partes principais que estão no banner do blog e espero que possa te ajudar com meus simples conhecimentos. Lá vai:
Os cinco princípios do Reina, o movimento reinista da Igreja Reina, estão de pleno acordo com a nova ordem mundial... especialmente os itens "preservação ambiental" e "justiça social". Esse último está criando a igreja comunista.
A visão amilenista do site cegou o entendimento de seus líderes que foram enganados por satanás.
O que eles chamam de "reino de DEUS na terra" é o reino da besta do abismo e do anticristo!
O significado místico dos símbolos utilizados no site não deixam dúvidas, mas... vamos piorar mais um pouco as coisas?
Em um dos vídeos do blog aparece novamente o sol (entende-se aqui a oitava manifestação solar) sobre a bandeira americana e os EUA serão aliados do anticristo por um curto período.
O Bispo Hermes possui uma parceria com a uma entidade chamada visão mundial (ligada a wordvision e apóiam totalmente a causa criada pela comunidade Bahá’i que são as metas do milênio (veja no link abaixo com as oito metas da ONU):
Em perfeito acordo com a ONU
As metas no site reinista:
As mesmas metas no pnud-ONU:
E, claro, não poderia falta o apoio total a agenda 21.
A declaração de amor a "mamãe" terra pode ser vista no artigo 67 do manifesto reinista e, ainda por cima, distorceram totalmente a Bíblia para se justificarem:
67 - Que Igreja abrace a questão do meio-ambiente, entendendo que a atual criação está grávida de um novo céu e uma nova terra, e que muitos dos cataclismos naturais que acontecem, são as contrações e gemidos de uma natureza maltratada pelo homem (Rm.8:22)
Bom..tudo isso tem que ser centralizado em um lugar.
No artigo 144 do manifesto eles falam da criação da Grande Comissão (entenda-se Parlamento Mundial) e a conversão de todos os povos ao cristo (mal sabem eles que é o cristo cósmico):
144 – Christus Victor / Cristo Vencedor – Cremos na vitória de Cristo e de Sua Igreja durante o transcorrer da História, culminando no cumprimento da Grande Comissão, e na conversão das nações (Sl.22:27; Ap.6:2; 15:4)
A visão aminelista ( o paraíso na terra) deles pode ser vista nesse outro artigo:
31 - Que o reino de Deus é uma realidade atual, estabelecido na terra através do primeiro advento de Cristo, e que se encontra em expansão pela agência da igreja, a quem cabe proclamá-lo, discipulando as nações no cumprimento da Grande Comissão (Mt.28:19-20; Cl.1:13; Hb.12:28; Lc.17:20-21; Mt.13:31-33).
É lamentável ver como o cristianismo está cego...
O projeto Reina é contra as pessoas que estudam escatologia, o reinado do Anticristo e da besta do abismo. Veja só a posição deles:
“A cada dia que passa vemos aumentar o número daqueles que pregam uma Escatologia de Medo, e de Derrota… São cristãos convencidos de que a Igreja será um verdadeiro fracasso histórico, tendo que se fechar e esconder do ‘mundo’, enquanto este, sob o Reino de Satanás, prossegue sempre avante e vitorioso! Se você é vitima desta síndrome escatológica, talvez seja tempo de se tornar um Reinista – Marcelo Lemos, editor”
Bom... se usar símbolos ocultistas em homenagem a Besta do Abismo e ao Anticristo, adorar a Babilônia, apoiar a ONU (agenda 21 e metas do milênio) e a criação de um Parlamento mundial não significa um fracasso da Igreja nem sei mais o que dizer...
Um detalhe menor e nada grave, mas dizer que está na wikipedia e nem escrever uma linha também é um fracasso!
Espero ter ajudado, mas você já sabe que pode contar comigo.
Abraços e fique com DEUS!
Eu próprio acabei encontrando alguns detalhes bastante incômodos que gostaria de destacar:

Porque, na imagem que serve como cabeçalho do blog da igreja, se destaca o olho esquerdo da criança dentro de um quadrado? Porque isso se relaciona à valorização cultural?
Teria isso alguma relação com os controversos, místicos e completamente pagãos "Olhos de Hórus"? O esquerdo, especificamente, é chamado "Wedjat" e representaria a lua, o feminino e o deus Thoth, governando a intuição e a magia.
Ainda em relação à cultura encontramos um estranhíssimo artigo no manifesto reinista:
136 – Que as artes sejam incentivadas e apreciadas entre aqueles que servem ao Supremo Artista. Não há arte profana. Toda arte é inspirada nas obras de Deus (Êx.35:30-35).
Só que achei melhor apresentar a passagem bíblica que fundamentaria tal afirmação:
Depois disse Moisés aos filhos de Israel: Eis que o SENHOR tem chamado por nome a Bezalel, filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá. E o Espírito de Deus o encheu de sabedoria, entendimento, ciência e em todo o lavor, E para criar invenções, para trabalhar em ouro, e em prata, e em cobre, E em lapidar de pedras para engastar, e em entalhar madeira, e para trabalhar em toda a obra esmerada. Também lhe dispôs o coração para ensinar a outros; a ele e a Aoliabe, o filho de Aisamaque, da tribo de Dã. Encheu-os de sabedoria do coração, para fazer toda a obra de mestre, até a mais engenhosa, e a do gravador, em azul, e em púrpura, em carmesim, e em linho fino, e do tecelão; fazendo toda a obra, e criando invenções. (Êxodo 35:30-35)
Desculpem, mas a passagem não diz em parte alguma que toda arte é inspirada nas obras de Deus e muito menos exime a arte de ser profana! É referência direta e exclusiva às ofertas que o povo israelita trazia para a construção do tabernáculo e, mais especificamente, ao chamado que Deus fez a Bezalel e Aoliabe: não é promessa, não é irrestrita e utilizá-la como pretexto para dizer que "não existe arte profana" é atitude totalmente satânica, haja vista o alto nível de gravíssimas heresias inserido no contexto artístico.
Esse verdadeiro absurdo registrado como item de manifesto eclesiástico explica como e porque Hermeneu é capaz de fazer a segunte afirmação acerca da satânica "Stairway to Heaven":
"Leia com atenção a letra dessa canção e veja se Deus não usou esta banda secular para dar um puxão de orelhas em Sua igreja"
Ou, pior ainda:
"Temos que mudar nosso olhar para o mundo. Temos que mudar nosso olhar para os nossos filhos. Se eles dançam, dancemos com eles. Se lamentam, choremos com eles."
Acho que Hermeneu anda ouvindo muito Led Zeppelin, muito samba ecológico e acabou esquecendo de ler a Bíblia... há muitos anos! Esse papo de olhar para o mundo e para os filhos e sair "dançando conforme a música" não é bem o que está escrito:
"Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus." (Tiago 4:4)
Essa afirmação feita por Hermeneu acerca dos filhos me fez até pensar se ele, como bispo, estaria aplicando as normas bíblicas corretamente:
"Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar; Não dado ao vinho, não espancador, não cobiçoso de torpe ganância, mas moderado, não contencioso, não avarento; Que governe bem a sua própria casa, tendo seus filhos em sujeição, com toda a modéstia (Porque, se alguém não sabe governar a sua própria casa, terá cuidado da igreja de Deus?); Não neófito, para que, ensoberbecendo-se, não caia na condenação do diabo. Convém também que tenha bom testemunho dos que estão de fora, para que não caia em afronta, e no laço do diabo." (1 Timóteo 3:2-7)
Se seu filho estiver dançando algum funk pornográfico e você for dançar junto... quem estará sob sujeição? Ah! Esqueci... Hermeneu acha que todas as artes são inspiradas por Deus...
Essa questão de ser dominado pelos filhos já havia me ocorrido anteriormente durante a realização desta pesquisa... e é um assunto bastante melindroso, pois vai pôr em conflito o coração e a Palavra: podemos desejar fazer o bem a ponto de contrariar as recomendações bíblicas?
Qualquer um que se emociona e tenho certeza de que Hermeneu estava tomado de ternura paternal neste momento, mas ordenar alguém que, de acordo com a lei (artigo 3º do código civil) brasileira (e acho que em qualquer país), é incapaz como "obreiro" significa ignorar, novamente, o que está prescrito na Bíblia:
"Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade." (2 Timóteo 2:15)
Que fique bem claro que não há nada para se envergonhar pela condição incapacitante, mas o que faz grande falta e estou destacando é o ponto "manejo da palavra da verdade": tendo apresentado vários registros de que o pai não sabe manejar (ou maneja intencionalmente para o mal), como podemos considerar BIBLICAMENTE essa jovem como uma obreira?
É muito ruim ter que expor tudo isto! E não pensem que fico alegre e saltitante ao desempenhar esse papel de "CSI bíblico", pois ao analisar Hermeneu acabo me pondo em concordância com um dos personagens mais desagradáveis com quem me deparei nesse ministério apologético. Aliás, acabo lembrando até mesmo do suspeitíssimo Daniel Mastral que, em um de seus livros, discorre sobre as ações satanistas que infiltram seus "pastores", com lindas famílias e tudo, para destruir as igrejas de dentro para fora... buscar a Verdade nem sempre é falar de quem se gosta e, também, nem sempre é agradar àqueles que gostamos.
Tanto a ordenação biblicamente questionável quanto a ordem para ampla aceitação artística são atitudes que revelam Hermeneu, em sua função de "bispo primaz",  abrindo as portas de sua empresa eclesiástica para a apostasia... e esse, sem dúvida, só pode ser comportamento digno de um membro do "clube do bolinha"!
Mas, por falar em apostasia e sociedade secretas...
ARREBATAMENTO E DETALHES
Em caso de arrebatamento, este carro vai ficar desgovernado”. Esta frase é encontrada adesivada em muitos automóveis em nossas cidades. Para os não-evangélicos não faz o menor sentido. Mas para os evangélicos, principalmente os pentecostais, esta frase denota a crença na doutrina do arrebatamento secreto, defendida pelo sistema dispensacionalista de interpretação bíblica.
Segundo este sistema, a volta de Cristo seria dividida em duas fases, a primeira seria secreta e destinada unicamente aos crentes, enquanto a segunda seria pública e aconteceria sete anos depois dos crentes serem arrebatados e levados para o céu.
Os mais antigos se lembram de um hino cujo título era “O Rei está voltando”. Entre suas estrofes, se dizia que o mercado ficaria vazio (e não seria pela alta dos preços!), os aviões cairiam pela ausência súbita dos pilotos. Enfim, o mundo ficaria em polvorosa, e a mídia não se ocuparia com outra notícia que não fosse o desaparecimento de milhões de crentes pelo mundo a fora. Alguns defensores das teorias de conspiração afirmam que a mídia reportaria o desaparecimento súbito de milhões de crentes como um caso de abdução em massa promovida por discos voadores (sic).
Cresci ouvindo isso. Ficava atormentado quando meus pais tocavam na vitrola o disco “A última trombeta”.
Depois de crescidinho, deparei-me com outros sistemas de interpretação, e mesmo formado em Teologia, já tendo dado aula de Escatologia em um seminário, decidi rever meus conceitos.
Dei-me conta que a doutrina do arrebatamento secreto não consta das Escrituras, e foi inventada há pouco mais de duzentos anos, por um inglês chamado John Nelson Darby (1800-1882), e tornando-se febre entre os cristãos evangélicos por causa dos comentários de rodapé da Bíblia de Scofield. Mais tarde, descobri que tal interpretação já havia sido seminalmente engendrada trezentos anos antes pelo jesuíta espanhol Franscisco Ribera (1537-1591). Por quase três séculos, tal teoria ficou confinada à Igreja Católica Romana, até que, em 1826, Samuel R. Maitland (1792-1866), que era bibliotecário de Canterbury, publicou um panfleto em que promovia a idéia de Ribera.
(...)
Recuso-me a crer que Cristo virá ao encontro de uma igreja acovardada, que não terá concluído a Grande Comissão, tampouco terá sido luz do mundo e sal da terra (Mt.5:14). Recuso-me a crer que o mesmo Jesus que pediu ao Pai para que não nos tirasse do mundo, agora mudou de idéia e vem para nos raptar (Jo.17:15).
A febre dispensacionalista alcançou um novo apogeu recentemente com o lançamento da série “Deixados para trás”, de Tim LaHaye e Jerry B. Jenkins (Acho que a série deveria se chamar “Passados para trás”).
Pregadores bradam de seus púlpitos: “Somos a última geração! A geração do arrebatamento!” Mas se contradizem quando gastam milhões na construção de catedrais suntuosas.
(...)
Se os leitores da Bíblia comentada por Scofield deixassem de dar crédito àquilo que está em seu rodapé, e começassem a ler mais o conteúdo das Escrituras, talvez houvesse uma revolução. O problema é que estamos condicionados a uma leitura, e qualquer um que faça uma leitura diferente é logo tachado de herege.
Por desconhecerem a história, ignoram que muitos dos escritores cristãos aclamados também esboçavam uma escatologia esperançosa quanto ao futuro do Mundo. Gente como Spurgeon, Whitefield, Wesley, Calvino, Lutero, Loyd-Jones, Jonathan Edwards, os puritanos, e tantos outros, criam no avanço do Evangelho e na eventual conversão das nações a Cristo (Leia Salmo 22:27-28). Era a isso que chamavam “avivamento”.
Aos vidrados em teorias de conspiração devo informar que vocês estão sendo vítimas da maior de todas elas. Esqueçam “Deixados pra trás”! Olhem para Cristo, o Cavaleiro Fiel e Verdadeiro, que saiu “vencendo e pra vencer”.
(...)
Sinceramente? Prefiro este hino àquele que estimula os crentes à irresponsabilidade com o futuro da Terra.
Para começo de conversa se a referência preferida e máxima que Hermeneu tem sobre o arrebatamento é a série "Deixados Para Trás"... coitado! Não foi informado que o livro apresenta alguns erros bastante graves em relação ao texto bíblico? Imagino que tenha lido pelo menos alguns volumes antes de criticar tão desdenhosamente, afinal, tudo indica que Hermeneu prefere ler qualquer coisa menos a Bíblia! Se fosse um pouquinho só mais dedicado à Palavra de Deus veria as seguintes passagens:
"Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem. Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro; Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra. Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa." (Mateus 24:38-43)
"Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. Dois estarão no campo; um será tomado, o outro será deixado." (Lucas 17:34-36)
"Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados. Porque convém que isto que é corruptível se revista da incorruptibilidade, e que isto que é mortal se revista da imortalidade. E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória." (1 Coríntios 15:51-54)
"Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor. Portanto, consolai-vos uns aos outros com estas palavras." (1 Tessalonicenses 4:15-18)
Bom, não sou formado em teologia como ele se gaba de ser, mas sei que a Bíblia não se contradiz e pouco me importa se vai fazer barulho ou não... só sei que vai ser rápido, num abrir e fechar de olhos! Levando-se em conta a possibilidade de que essa possa ser uma referência paulina à velocidade da luz, então o som que seguirá tal manifestação não será ouvido, pelo menos por quem tiver sido arrebatado!
Aliás, Hermeneu não falou de Bíblia mas encheu o texto com referências de vários autores... ora bolas! Se eu faço o maior esforço para ler as mil e poucas páginas da Palavra de Deus e ainda aparecem uns doidos que nem ele para deturpar, imagina se ainda tivesse a obrigação de ler outros milhares de páginas escritas por homens que não foram incluídos no cânon! Isso é coisa para quem é muito intelectual mesmo, que quer predizer o momento exato em que os cristãos serão arrebatados para poder cobrar isso de Deus, como se fosse uma dívida... ou então correr o risco de ficar totalmente decepcionado no caso de seus cálculos "avançadíssimos" falharem... para estes tipo de sábios dedico uma passagem:
"Ninguém se engane a si mesmo. Se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para ser sábio. Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia. E outra vez: O Senhor conhece os pensamentos dos sábios, que são vãos." (1 Coríntios 3:18-20)
Já disse, não com desprezo, mas por reconhecer minha própria incapacidade, que não posso admitir que o conhecimento das obras de famosos autores ditos cristãos vá me conduzir mais próximo ou facilmente ao céu do que o conhecimento bíblico. Pré-milesnistas, pós-milenistas, amilenistas, calvinistas, flamenguistas, batistas, gremistas, metodistas, vascaínos, arminianos, presbiterianos, assembleianos... e tudo o mais que mais venha a ser lembrado ou inventado, me perdoem, mas continuo optando por ser apenas bíblico.
Acho que já apresentei muitos textos refutáveis de Hermeneu na íntegra e permanecer extendendo desnecessariamente esta análise seria dar destaque demais e desmerecido a um homem que deturpa e flexiona a Bíblia de modo a se encaixar (ou não) em suas alucinações antropocêntricas. Por isso, a partir de agora irei fornecer apenas os links de acesso aos textos originais e, no máximo, os trechos onde as aberrações são mais gritantes.
ONZE RAZÕES PORQUE CREIO QUE CRISTO ESTÁ REINANDO
Não sei se foi com intenção de implicar ou para mostrar mesmo que faz parte de alguma sociedade secreta, Hermeneu escolheu criar uma defesa para suas distorções com exatos 11 tópicos!
Já mencionei em um texto anterior, mas, para quem não sabe, 11 é um dos números preferidos pelos membros do "clube do bolinha" para sinalizar suas ações. Não creio que tal escolha tenha sido casual, pois Hermeneu se afirma como (e parece se orgulhar por ser) subversivo e sarcástico: depois de ter sido questionado tão seriamenteem suas aberrações, não poderia permanecer calado! Foi enchendo suas afirmações com referências bíblicas (que, confesso, ainda não me dei ao trabalho de transcrever por já conhecer a metodologia dele: tirar do contexto, cansar e enrolar... conforme verificado nos dois textos analisados anteriormente) até chegar no número desejado!
A conclusão do texto demonstra o motivo para meu desânimo, vejam:
“Aleluia! Pois já reina o Senhor nosso Deus, o Todo-poderoso.”  (Apocalipse 19:6b)
Ele foi lá no futuro, muito depois do arrebatamento; muito depois de todos os selos, trombetas e taças... para pegar apenas parte de um texto que, obviamente, vos apresento agora, na íntegra e dentro do contexto:
"E, depois destas coisas ouvi no céu como que uma grande voz de uma grande multidão, que dizia: Aleluia! Salvação, e glória, e honra, e poder pertencem ao Senhor nosso Deus; Porque verdadeiros e justos são os seus juízos, pois julgou a grande prostituta, que havia corrompido a terra com a sua prostituição, e das mãos dela vingou o sangue dos seus servos. E outra vez disseram: Aleluia! E a fumaça dela sobe para todo o sempre. E os vinte e quatro anciãos, e os quatro animais, prostraram-se e adoraram a Deus, que estava assentado no trono, dizendo: Amém. Aleluia! E saiu uma voz do trono, que dizia: Louvai o nosso Deus, vós, todos os seus servos, e vós que o temeis, assim pequenos como grandes. E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina." (Apocalipse 19:1-6)
Será que ao ler esta passagem as pessoas não são capazes de perceber que ainda tem muita água para rolar até o reino ser estabelecido?
Volto a informar que, apesar de ser uma passagem relacionada à escatologia, estou analisando apenas a interpretação bíblica podre que Hermeneu é capaz de fazer baseado em "partículas de texto", bem no estilo "Rick Warren" de ser.
Os comentários da postagem são um "espetáculo" à parte...
TÍTULO DE "EMBAIXADOR DA PAZ" PELA ONU

Hermeneu recebeu este título das mãos do grão-mestre maçom Isaías de Souza Maciel, mas quem sabe o que realmente faz a ONU entende que, observando as profecias bíblicas, tal prêmio nunca será motivo para júbilo.
Recomendo a leitura dos seguintes textos (em verde), pois auxiliarão a compreender o que há de errado com a filosofia apresentada nos textos de Hermeneu (em vermelho):
A REFORMA DA ONU
BAHÁ'IS ENSINAM EVANGÉLICOS SOBRE A CONSCIENTIZAÇÃO AMBIENTAL
O EMERGIR DA IGREJA EVANGÉLICA AMBIENTAL ECOLOGICAMENTE INCORRETA
GREENPEACE NA REINA
MÃE TERRA (GAIA)
Os ocultistas de quase todos os matizes acreditam que a Mãe Terra — este planeta — é uma deusa viva, que respira e pensa. Eles a chamam de Mãe Gaia e acreditam que a Mãe Terra está sobrecarregada com um excesso de quatro bilhões de pessoas e está prestes a morrer, a menos que eles executem sua guerra com "armas silenciosas". (veja íntegra do texto original)
Como o vindouro Reinado do Anticristo — a Nova Ordem Mundial — é feitiçaria de Magia Negra, seus aderentes têm algumas idéias muito diferentes sobre este planeta e seus processos naturais que têm os cristãos nascidos de novo. Primeiro, os aderentes do oculto adoram a criatura — a Mãe Terra — em vez de o Criador, que criou este planeta de rochas, água e gases. Esses ocultistas — incluindo os Illuminati que dirigem os governos do mundo — adoram este planeta, chamando-o ou de "Mãe Natureza", ou "Mãe Gaia". Eles acreditam que este planeta é uma deusa viva que respira com tremendo poder. Segundo, os ocultistas acreditam que nossa Civilização Industrial é uma maldição à Mãe Gaia, pois polui a água, o ar e o solo. A maioria das pessoas não percebe que a religião que está por trás dos grupos ambientalistas ativos é uma adoração extrema à deusa Gaia; os aderentes dessa deusa acreditam que, se a Civilização Industrial não for desmantelada em estágios planejados por esforços humanos, a Mãe Gaia intervirá de um modo terrivelmente destrutivo de modo a remover essa civilização do planeta por meio de grandes e poderosos desastres naturais. (veja íntegra do texto original)
O CLAMOR DA TERRA
JORNADA POR JUSTIÇA, PAZ E ALEGRIA
Já mencionei anteriormente o que acontecerá quando disserem que "há paz e segurança" e sugiro que leiam um interessante texto sobre justiça, portanto vou direto à parte do texto que definitivamente me incomodou:
Deus nos convoca a participar da subversão do Seu Reino.
Isso me fez atentar para o gritante detalhe de que Hermeneu tem uma estranha fixação pelos termos "subversivo", "subversão"... vejam o que está escrito no cabeçalho de seu blog pessoal:
Agora vejam como é definida sua participação no blog Genizah:
E, finalmente, depois de tantas repetições, decidi ir pesquisar e apresento o que a Wikipedia nos ensina sobre subversão:

O termo subversão está relacionado a um transtorno, UMA REVOLTA; PRINCIPALMENTE NO SENTIDO MORAL. A palavra está presente em todos os idiomas de origem latina, e era originalmente aplicada a diversos eventos, como a derrota militar de uma cidade.
Já no século XIV era usada na língua inglesa com referência a temas de direito e no século XV começou a ser usada relacionada a reinados. Esta é a origem de seu uso moderno, que se refere a tentativas de destruir estruturas de autoridade, enquanto subversão se refere a algo mais clandestino, como ERODIR AS BASES DA FÉ NO STATUS QUO ou CRIAR CONFLITOS ENTRE PESSOAS.
Ver também: Oposição / Dissidência / Desobediência Civil / Clandestinidade
Diante disso podemos afirmar que a mensagem de Cristo nunca foi subversiva. Agora, vejamos uma interessante qualidade do reino que está registrada na Bíblia:
"Vede que não rejeiteis ao que fala; porque, se não escaparam aqueles que rejeitaram o que na terra os advertia, muito menos nós, se nos desviarmos daquele que é dos céus; A voz do qual moveu então a terra, mas agora anunciou, dizendo: Ainda uma vez comoverei, não só a terra, senão também o céu. E esta palavra: Ainda uma vez, mostra a mudança das coisas móveis, como coisas feitas, para que as imóveis permaneçam. Por isso, tendo recebido UM REINO QUE NÃO PODE SER ABALADO, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus agradavelmente, com reverência e piedade; Porque o nosso Deus é um fogo consumidor." (Hebreus 12:25-29)
Aquele que fala é o Senhor Jesus Cristo e, ao contrário do que Hermeneu prega, diz que mais uma vez comoverá tanto a terra quanto o céu... mas a promessa que desejo ressaltar é a de recebermos um reino QUE NÃO PODE SER ABALADO, ou seja, tudo que se fizer no intuito de abalar o reino provavelmente será destruído... inclusive qualquer forma de subversão!
Mas Hermeneu escreveu que "Deus nos convoca a participar da subversão do Seu Reino"!!! Será isso verdade? Vejamos:
"Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia, Idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas, acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus." (Gálatas 5:19-21)
Gostaria de destacar algumas palavras como "PORFIAS", "EMULAÇÕES", "PELEJAS", "DISSENSÕES" pela possibilidade de serem sinônimos para... subversão!

Após toda essa análise só restam poucas opções dentro das possibilidades de classificação para Hermeneu, pois de forma alguma ele se qualifica como apologeta:
  • Herege, por deturpar a Bíblia de forma tão explícita e convencer os incautos a seguí-lo em sua rebelião contra Deus e Sua Palavra.
  • Intelectualmente possesso, pois suas graves distorções só podem ser percebidas através de atenta observação. Verdadeiramente não é fácil detectar o venenoso engano embrenhado em seus alegres e bem intencionados textos: há que se conhecer muito a Bíblia para conseguir distorcê-la de forma tão sutil... seria genial se não fosse tão satânico.
  • Líder Moral, exatamente conforme os padrões exigidos pela Nova Ordem Mundial.
  • Sincero, pois ao se afirmar como subversivo e herege está falando a verdade perante todos, que se riem e continuam a apoiar, elogiar, achar geniais as aberrações e ser capazes de seguí-lo até o inferno!
O Reino não é agora e o caminho para ele não passa nem perto das coisas que Hermeneu dá tanto destaque, antes está descrito com exatidão na Palavra:
"Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis. Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo." (2 Pedro 1:10-11)
Sobre aqueles como Hermeneu, também há citação:
"E também houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição, e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição. E muitos seguirão as suas dissoluções, pelos quais será blasfemado o caminho da verdade. E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita." (2 Pedro 2:1-3)
PONTAS SOLTAS, CURIOSIDADES E CONCLUSÃO
Alguém pode explicar melhor o que significa aquele "X" no meio da cruz-estrela neste logotipo que é cheio de coisas a serem analisadas?
A começar pela própria cruz-estrela: é cruz... ou estrela? Dá margem para as mais diversas interpretações... e como Hermeneu adora falar de estrelas, será que estão querendo dizer coisas do estilo da cientologia ou que Cristo é algum tipo de alienígena?
Ainda tem a questão do termo "Nação Apostólica": será que em breve veremos o "bispo primaz" querendo virar, ou sendo "aclamado", apóstolo?
Aliás, depois de ver os desvios bíblicos que registrei acima, que espécie de "bispo primaz" é esse que deixa passar tantas deturpações? Estudou tanto, foi morar nos Estados Unidos... para dizer coisas absurdas como, por exemplo, "não há arte profana"?!? Daqui a pouco pode até se revelar mais um daqueles que crê na possibilidade de satanás se converter e ir pro céu...



Aliás, o que Hermeneu publica tem que ser bem salvo e registrado, pois ele apaga suas postagens com uma regularidade surpreendente. Vejam o caso de "Escrito nas Estrelas", que só pode ser encontrado agora através docache do Google...
Para garantir que minhas constatações sobre o manifesto reinista sejam preservadas de alterações, tomei a precaução de salvar uma cópia em meus próprios arquivos e outra online, acessível atráves do serviço WebCite.



Vivemos em uma época onde nem mesmo os maiores avanços tecnológicos são capazes de dar aos seres humanos duas coisas que a cada dia se tornam mais raras: criatividade e, principalmente, originalidade!
No meio das pesquisas sobre as características da "Igreja Reina", acabei me deparando com uma aberração e prova que até mesmo as heresias serão copiadas: uma cópia mal tirada (como se o original já não tivesse desvios o suficiente) chamada "Igreja Reinista"!
Já de ínicio podemos nos impressionar com um brasão assustador, portador de uma ave bícefala cujo único significado só pode ser explicado através dos conhecimentos e práticas maçônicas.
Não há nada que indique uma ligação direta entre as seitas "Reina" e "Reinista", sendo que esta última parece ser liderada pelo reverendo Iran Werneck que até mesmo alguns textos do Hermeneu andou chupando sem nem registrar os devidos créditos!
Pior ainda é que até mesmo o estranho logotipo da Reina foi copiado! Vejam o detalhe do cartaz colado na imagem abaixo:

Sei muito bem que sempre surgem aqueles que não compreenderão a exortação e vão dizer que o objetivo desta análise seria "atacar" ou "prejudicar" alguém... e se fosse provada alguma ligação entre as igrejas Reinista e Reina, isso seria muito fácil, principalmente pelo uso da (nem um pouco bíblica e completamente maçônica) fênix no brasão da igreja Reinista!
Sei de gente que alegremente se aproveitaria da confusão para acrescentar mais uma acusação, mesmo que falsa, contra a igreja de Hermeneu.
Porém meu papel aqui é falar apenas da Palavra e da verdade, expondo as heresias que se me apresentam e nunca criticando a integridade pessoal dos analisados. Hermeneu, apesar de inventar formas bastante criativas de deturpar a Palavra, aparenta ser homem articulado, educado e, sem dúvida, capaz de influenciar multidões: mesmo que esteja contaminado a ponto de sequer vir a considerar minha exortação, pelo menos pode ganhar uma grana processando alguém por plágio eclesiástico!



Mas, afinal... se Hermeneu é amigo de um amigo meu... porque me dei a todo esse trabalho de analisá-lo e refutá-lo?
  1. "E quando alguma pessoa pecar, ouvindo uma voz de blasfêmia, de que for testemunha, seja porque viu, ou porque soube, se o não denunciar, então levará a sua iniqüidade." (Levítico 5:1)
  2. "Conjuro-te, pois, diante de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, que há de julgar os vivos e os mortos, na sua vinda e no seu reino, Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências; E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas. Mas tu, sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério." (2 Timóteo 4:1-5)
  3. "E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do SENHOR, e não desmaies quando por ele fores repreendido; porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho. Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos." (Hebreus 12:5-8)
Isto posto, não posso ser adepto do "Evangelho do Telhado de Vidro" e sei muito bem que não fui separado pelo Próprio Deus para ser antropófilo, mariófilo, planetófilo ou danilófilo... antes de postar várias fotos e expor minha pessoa como centro das atenções, sou nada além de um plagiador da Bíblia e assino não com algum nome a ser reconhecido ou celebrado, mas pela vocação em que fui chamado: Teóphilo.
P.S.: "Ao homem herege, depois de uma e outra admoestação, evita-o, sabendo que esse tal está pervertido, e peca, estando já em si mesmo condenado." (Tito 3:10-11)