25/09/2009

DESCOBRI, POR QUE NÃO SOU APOLOGISTA


GLÁUCIA CARNEIRO

Vou escrever tendo por base um trecho de uma entrevista do Professor Paulo Romeiro, publicada em um post do Púlpito Cristão.

Segue abaixo todos os dados, citações, data da postagem, endereço da publicação do post no site, a quem interessar.



RF - O que é preciso para se fazer apologética cristã saudável?

PR - Principalmente equilíbrio. Há pessoas que são apologistas, mas exageradas, sensacionalistas. É preciso amor. Vejo muitos apologistas hostis, atacando as pessoas. Não gosto nem mais de usar o termo seita ou heresia. Acho muito pejorativo. Hoje falo de fenômeno religioso ou movimentos religiosos.

A apologética precisa aprender a construir pontes e não levantar muros. Se ela já chega atirando, o pessoal corre. Os apologistas precisam aprender a dialogar. Não precisa ser hostil. A Bíblia diz: “Falai a verdade com amor”. Além disso, a informação a ser transmitida deve ser apurada.

Entrevista cedida a Revista "Resposta Fiel", ano 5, nº 17, p. 10-12
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Descobri nesta semana diante de todos os fatos apresentados depois de uma postagem do Leo nardo Gonçalves no Blog Púlpito Cristão, que eu estou completamente fora do universo apologético.

Até fui procurar na internet o que significava realmente a palavra APOLOGÉTICA e escrevi um post a respeito, fiquei surpresa com a definição e o comportamento de muitos dos que se dizem apologistas ou apologéticos.

Depois me lembrei de uma entrevista postada pelo mesmo alvo de tantos tiros, atirados pelos apologistas ou apologéticos (???), o Leonardo Gonçalves, ele mesmo, o alvo da semana.

O Professor Paulo Romeiro fala sabiamente "Há pessoas que são apologistas, mas exageradas, sensacionalistas" O que vi durante esta semana foi muito mais que exagero, foi exatamente o que o Professor alertou, eu vi uma total falta de AMOR.

Vi uma completa e total hostilidade contra o Leonardo Gonçalves, na disposição das palavras, no tom grosseiro, na falta de zelo ao falar com o nosso próximo, ferindo o AMOR.

Não sei o que seria do Leonardo se ele estivesse em terras brasileiras, graças a DEUS que ele está fora do Brasil.

Se um louco é capaz de estuprar a ex-namorada por causa do ódio que tem do Caio Fábio, veja:

Imagina o que não é capaz de fazer uma série de loucos se o Leonardo e sua família estivessem aqui no Brasil, é só ler a carta.

Estou exagerando, estou não. Há todo tipo de doido nesse mundo, os piores são aqueles que se fazem de doidos para que ninguém venha a arrancar as suas máscaras.

Esta semana eu vi muros sendo levantatados, trincheiras sendo erguidas e tiros sendo lançados; mas como eu mesma disse ao nobre Leonardo: "Você é um General de um Exército chamado Blog Púlpito Cristão".

Eu não pensei que o reconhecimento do exército e o chamamento do General marcaria o chamado para a guerra.

Mas como disse Josué e Caleb:

Números 13:30 Então Calebe fez calar o povo perante Moisés, e disse: Certamente subiremos e a possuiremos em herança; porque seguramente prevaleceremos contra ela.
O General Leonardo Gonçalves não me parece homem de retroceder, não é à toa que ele tem muita histórias para contar do desbravamento missionário por onde passou e por onde passa e olha que este garoto só tem 28 anos.

"Os apologistas precisam aprender a dialogar", outro alerta do Professor Paulo Romeiro: aprender a dialogar; e eu não vi diálogo, vi falta de AMOR, o que entristeceu muito o meu coração.

É triste chegar na igreja e ver nitidamente, quase apalpando com as próprias mãos, que os céus são de bronze, tudo não passa de um címbalo que retine, só faz zoada que machuca os ouvidas, insulta as mentes e estraçalha os corações.

Lamentável, abrir o universo virtual, pensar que está vislumbrando pessoas que se AMAM que se RESPEITAM que têm ZELO umas pelas outras, quando você percebe, você nota que acontece o que está descrito no Livro de Provérbios:


Salmos 41:9 Até o meu próprio amigo íntimo, em quem eu tanto confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.

Compartilhavam a mesma Palavra APOLOGÉTICA, se alimentavam da mesma bíblia e levantou o calcanhar contra o outro porque ousou pensar diferente dele.


A Bíblia diz: “Falai a verdade com amor”. Eu não vi amor em nenhuma das ofensas proferidas contra Leonardo Gonçalves e contra Caio Fábio. Não vi AMOR, não vi zelo pelo próximo, nem aquele cuidado em que se deve ter para não assassinar a esperança dos irmãos.

O que vi foi um série de ovelhas gordas, cheias, repletas da Palavra de DEUS, prontas para sair por aí, dentro e fora do universo virtual espalhando a Palavra de DEUS, se esforçando ao máximo para expulsar mais uma ovelha para fora do redil.

(0ps)Será que essa ovelhas gordas, olharam para a pequenina ovelha e pensaram: "Quem é que esse frangalho pensa que é, se ele estivesse na minha frente ía levar uns bofetes para aprender a se comportar."

"Quem ele pensa que é? Eu estou nessa estrada há muito mais tempo que ele, e ele chega cheio de ousadia! Eu vou colocar ele no lugar dele, missionariozinho de meia tigela."

Tenho certeza que foi isso o que passou pela cabeça de muitas dessas ovelhas gordas, cheias, repletas da Palavra de DEUS, que continuam a beber da Palavra e depois de beber, esperneiam, sujando a água para que as mais jovens bebam água suja.

Só quem pode sujar a Palavra de DEUS é que já a conhece. e quem conhece melhor a Palavra de DEUS, que uma ovelha gorda?

Mateus 18:21 Então Pedro, aproximando-se dele, disse: Senhor, até quantas vezes pecará meu irmão contra mim, e eu lhe perdoarei? Até sete?
Mateus 18:22 Jesus lhe disse: Não te digo que até sete; mas, até setenta vezes sete.

A conclusão que cheguei é que esses versículos servem para qualquer ser humano da história da humanidade, para qualquer um, menos para Caio Fábio.












Postar um comentário